Póster do filme oficial de 1991, (c) Warner Bros.

As corridas de automóveis vão voltar ao grande ecrã com a breve, com o anúncio que a série de filmes “Cannonball Run”, conhecidos em Portugal como “A Corrida Mais Louca do Mundo”, vai ter direito a um remake para o cinema. A Warner Bros adquiriu os direitos dos filmes, baseados na verdadeira Cannonball Run, uma corrida ilegal feita nos Estados Unidos nos anos 70. Organizada pelo piloto e jornalista Brock Yates, implicava ter que atravessar o país da Nova Inglaterra à Califórnia, e demorava três dias.

O novo filme ainda não tem data prevista de estreia, mas Rawsen Thurmer (“Dodgeball”) e Doug Liman (“Bourne Identity”) foram apontados como possíveis realizadores. Thomas Lennon e Robert Ben Grant, estrelas da série de comédia “Reno 911” estão em negociações com a produtora para interpretarem os papéis principais, mas para ser uma homenagem aos filmes originais, deverão precisar de cameos de um elenco de estrelas. Deve esperar-se também pela aparição de alguns dos supercarros mais rápidos do mundo.

Os filmes originais de “A Corrida Mais Louca do Mundo” estrearam em 1981 e 1984. O primeiro filme foi construído à volta de atores famosos da era, nomeadamente Burt Reynolds, Roger Moore e Farrah Fawcett. Mas também participaram muitos outros, incluindo Frank Sinatra, Dean Martin e Sammy Davis Jr., os comediantes Dom DeLuise e Don Knotts, Shirley MacLain, Adrienne Barbeau, Jamie Farr, Telly Savalas e Ricardo Montalbán. Jackie Chan e Tony Danza, menos conhecidos na época, também participaram. Uma sequela não-oficial foi filmada em 1989 (em que Jamie Farr foi o único participantes dos filmes originais), mas não teve o mesmo sucesso.