Viagens de comboio são, hoje em dia, feitas essencialmente em trajetos curtos por motivos profissionais. Em alternativa, existe um nicho de mercado que recupera as grandes viagens turísticas do início do século passado, em que uma pessoa pode passar uma semana a visitar vários países num comboio apetrechado com todos os luxos. É uma experiência “retro”, mas quem disse que os comboios turísticos não podem ser modernos?

É aí que surge o Ideenzug, ou “comboio das ideias”, em alemão, uma proposta da firma da indústria ferroviário Deutsche Bahn. Por trás do “comboio das ideias” está uma vontade de recuperar o comboio como alternativa ao automóvel autónomo, especialmente em distâncias mais curtas, mas este também seria bastante confortável como uma espécie de “Expresso do Oriente” virado para um público que quer todas as amenidades modernas e mais além.

O Ideenzug vai dar particular ênfase ao interior para oferecer ao público várias formas de conforto e entretenimento que não estão presentes nos comboios atuais, incluindo a possibilidade vários tipos de conectividade, televisão, centro recreativo para a prática de exercício físico, cadeiras rotativas e compartimentos individuais isolados com proteções contra ruídos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.