Os transportes públicos vão mudar muito nos próximos anos. Os automóveis partilhados com condução autónoma poderão acabar com os autocarros citadinos substituindo-os por viagens curtas personalizadas. Entretanto, voos suborbitais e cápsulas montadas em tubos de vácuo ameaçam os comboios com tempos de viagem curtos em longas distâncias. Mas o comboio não está derrotado.

O designer Andreas Vogler propõe um comboio moderno, com dois andares, chamado AeroLiner3000, que promete fazer viagens mais depressa com um menor impacto ambiental, graças a uma estrutura mais leve. O comboio também tem dois andares, duplicando a capacidade normal de uma carruagem.

Vogler chegou a construir um protótipo à escala 1:1, com uma carruagem de nove metros, para mostrar o conceito, que afirma ser compatível com as atuais estruturas de caminhos-de-ferro do Reino Unido, não sendo necessário criar novas linhas para o albergar. Vogler pretende vender o seu design às empresas britânicas de caminhos-de-ferro.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.