Em 2014, a Honda fez uma experiência. Pegou num trator para cortar a relva, colocou-lhe um motor de moto, daquelas potentes, e deu-lhe o nome de Mean Mower (“corta-relva mauzinho”). Depois a marca pôs o Tiago Monteiro a dar umas voltas nele, no circuito do Grande Prémio da Bélgica, e no final bateu-se um recorde de mundo. Agora, o Mean Mower está pronto para voltar, e mais mauzinho do que nunca.

O modelo original foi concebido pelo Team Dynamics, empresa britânica especializada em tuning, com quase 30 anos de experiência em corridas automóveis e vários títulos de campeã no BTCC. A equipa montou o motor de uma Honda VTR Firestorm, com 109 cv, num trator HF2620, e instalou-lhe um chassis novo e pneus especiais, para poder lidar com a potência extra. A 8 de março de 2014, o jornalista britânico Piers Ward atingiu os 187,6 km/h com o pequeno Honda, batendo o recorde anterior de 141,3 km/h.

Agora, a Honda está a preparar algo ainda mais avançado para o seu corta-relva especial. Para isso, vai substituir o motor da Firestorm por um motor ainda mais potente: o da Honda Fireblade, com 190 cv. Desta vez, o Mean Mower de segunda geração deve conseguir atingir os 210 km/h previstos no projeto especial. Só falta marcar data para a nova tentativa de recorde.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.