Surpresa: Volkswagen também não vai ao Salão de Paris

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Numa tendência que parece estar a ganhar cada vez mais adeptos entre os grandes construtores automóveis, a Volkswagen anunciou que também não irá marcar presença no próximo Salão de Paris, que terá lugar em outubro.

Desta forma, aproxima-se já quase da dezena o número de grandes fabricantes a passarem ao lado daquele que ainda é um dos três grandes eventos automóveis na Europa (a par de Genebra e de Frankfurt, que alterna anualmente com Paris).

Com orçamentos cada vez mais orientados para meios de comunicação mais diretos e atendendo aos grandes custos associados à presença nos salões automóveis, alguns dos construtores mundiais têm vindo a declinar a presença em eventos do género para dar primazia a outras ações.

No caso da Volkswagen, a marca indicou, citada no site Automotive News Europe, que “está continuamente a avaliar a sua participação nos salões automóveis internacionais”, mas que poderá não ficar ausente, de todo, da capital gaulesa. Isto porque em equação está a realização de “atividades de comunicação variadas” ao longo da semana que se inicia a 1 de outubro.

Além disso, apontam, também a clientela está a mudar, procurando formas alternativas de ligação com as marcas, o que leva muitos fabricantes a preferirem ações por redes sociais, por exemplo. Muitas das marcas ausentes citam, ainda, o facto de não terem produtos novos para apresentar, tendo sido esse, por exemplo, o caso da Opel no recente Salão de Genebra, declinando a sua presença no certame por falta de novidades.

Além da Volkswagen, de fora do Salão de Paris estarão ainda a Nissan, a Ford ou a Mitsubishi, todas elas preferindo outras formas de comunicação na Europa (veja mais na galeria).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.