Trocar o automóvel pela moto é uma proposta atrativa para muitos que trabalham em centros urbanos. Não só podem furar o trânsito como são mais fáceis de estacionar. Mas também causam receio a quem não está habituado a andar num veículo de duas rodas, só que a indústria está consciente disso e tem vindo a melhorar a segurança passiva com novas tecnologias para motociclistas.

Se andar de moto é mais perigoso que andar de carro, existem várias tentativas de reduzir o risco de acidente ou de danos físicos para o motard. Mostramos aqui três tecnologias à qual aqueles que andam de moto já se devem ter habituado nos últimos anos, mas que os automobilistas podem ainda não saber que também já podem encontrar em motociclos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.