Christophe Pourcel pendura o capacete

Aos 29 anos o piloto francês anunciou a sua retirada da competição. Uma decisão que foi revelada através da conta oficial de Pourcel na rede social Instagram e que vem na sequência das muitas lesões, em 2007 o gaulês chegou a estar paralisado, sofridas ao longo dos anos.

“É o dia em que anuncio o meu abandono da competição. Fui um felizardo por representar grandes equipas e competir por todo mundo perante muitos fãs. As corridas deram-me muito. Estou ansioso pelo capítulo que se segue na minha vida agora sem as corridas. Sacrifiquei-me muita, o que é normal para a maioria das pessoas, a treinar e competir. Foi uma decisão difícil, pois sei que ainda posso ser competitivo. No entanto o meu corpo diz-me que já chega de lesões. Tenho 29 anos e muita vida pela frente. Agora tenho de aproveitar o tempo para estar com a minha família e amigos”, escreveu Christophe Pourcel.

Ao longo da sua carreira, dividida pelo supercross e motocross, o piloto de Marselha conquistou títulos no motocross, tendo sido campeão do mundo de MX2 em 2006 e mais tarde triunfou nos Estados Unidas da América. Em 2009 e 2010 foi o vencedor do AMA Supercross 250 Costa Este. Para a história ficarão as suas batalhas com nomes como Antonio Cairoli, Ryan Villopoto e Ryan Dungey. Sem um dúvida um dos melhores pilotos da sua geração, mas ao qual as lesões não deixaram ir ainda mais longe.