BYD Dolphin já disponível em Portugal

28/10/2023

Se ainda não conhece os automóveis elétricos BYD (Build Your Dreams), isso vai mudar em breve, pois a marca acaba de disponibilizar mais um modelo para o mercado nacional. Depois do arranque com a oferta dos modelos Atto 3, Han e Tang, chega a vez do Dolphin.

 

A BYD Auto foi criada na China em 1995 e construiu automóveis de combustão até 2022. Com quase 30 anos de existência, tem uma oferta transversal a todo o tipo de transporte, e atingiu em 2022 a liderança mundial com mais de 900 mil veículos 100% elétricos vendidos, tendo já este ano conseguido vender mais de 1,2 milhões de elétricos e híbridos plug-in.

O BYD Dolphin é um hatchback do segmento C que chega ao nosso mercado com argumentos fortes para ser bem sucedido. A começar pela tecnologia de ponta na forma da plataforma escalável “e-Platform 3.0”, que pode ser aplicada em vários segmentos, e a bateria em lâmina – em vez dos tradicionais elementos cilíndricos -, livre de cobalto e recorre a um composto de lítio ferro-fosfato (LFP) como cátodo. Esta bateria tem a particularidade de as lâminas terem o formato de “favo de mel”, que lhe confere rigidez suficiente para ser um elemento estrutural do chassis. Para além disso é extremamente segura e oferece uma densidade energética superior às de iões de lítio.

No breve contato dinâmico que tivemos durante a apresentação, constatámos que o design exterior “esconde” as reais dimensões do BYD Dolphin, fazendo parecer mais pequeno do que realmente é. Uma vez no interior desvanecem-se as dúvidas de que estamos dentro de um automóvel do segmento C. Os bancos da frente são confortáveis e envolventes, e o espaço é generoso, mesmo na fila de trás, incluindo a bagageira que disponibiliza uns muito razoáveis 345 litros de volumetria.

Os apontamentos seguem a linguagem de design “Ocean Aesthetics”, e trazem uma jovialidade e frescura nova ao segmento. É de sublinhar ainda a funcionalidade do Dolphin, que permite alimentar ou carregar equipamento elétrico com a tecnologia V2L (vehicle to load) até uma potência de carregamento externo de 3,3 kW. Muito útil para quem aprecia atividades ao ar livre, sendo possível, por exemplo alimentar uma arca frigorifica de campismo, ou até carregar a bicicleta elétrica.

 

Este modelo contempla quatro versões, com preços a começar nos 29 990 euros para o BYD Dolphin Active equipado com uma bateria de 44,9 kWh combinada com um motor de 70 kW (95 cv). Esta versão pode ser carregada por corrente alternada até 7 kW e por corrente contínua até 60 kW. Seguido das versões: BYD Dolphin Boost por 30 690 euros com Bateria de 44,9 kWh, alimentando um motor de 130 kW (176 cv com potência de carregamento por corrente alternada até 7kW (monofásica) e de corrente alternada até 60 kW (trifásica). Adiciona jantes de 17’’ e suspensão traseira multi-link (multibraços). E a BYD Dolphin Comfort por 35 690 euros com bateria de 60,4 kWh e motor de 150 kW (204 cv). Tem uma autonomia de 427 quilómetros, em ciclo combinado, com um consumo de 15,9 kWh/100 km. A velocidade de carregamento máximo é de 88 kW (de 30 a 80% em 29 minutos) em corrente contínua, mas o carregamento em corrente alternada atinge um máximo de 11 kW. E por fim o BYD Dolphin Design por 37 690 euros que apresenta as mesmas especificações técnicas do Comfort, e acrescenta um teto panorâmico, vidros escurecidos nos bancos traseiros e carregamento de smartphone sem fios.

O argumento final é a recente classificação máxima de cinco estrelas nos testes de segurança efetuados pelo Euro NCAP, o principal programa independente de avaliação da segurança de viaturas na Europa, onde o Dolphin provou a sua excelente qualidade com pontuações elevadas na proteção dos ocupantes adultos e crianças.