Este Maserati Mistral passou 30 anos fechado na garagem

14/05/2024

O Maserati Mistral esteve em produção entre 1963 e 1970, num total de 953 unidades construídas, sendo 828 na carroçaria Coupé e 125 Spyder. O seu desenho esteve a cargo de Pietro Frua e a construção das carroçarias era efectuada pela Maggiora, inicialmente em alumínio, passando em 1967 para o aço tradicional.

Para locomover o Mistral, a Maserati instalou o motor de seis cilindros em linha, duas árvores de cames e duas velas por cilindro dos 250F de competição. O motor de câmaras de combustão hemisféricas tinha a alimentação de combustível feita por um sistema Lucas de injeção indirecta. Durante a vida do Mistral, o motor esteve disponível em três cilindradas, o 3,5, o 3,7 e o 4,0L, com potências de 235, 245 e 265cv, respectivamente. Acoplado ao motor estava uma caixa manual ZF de cinco velocidades, que envia a potência para as rodas traseiras, com a travagem efectuada por discos nas quatro rodas.

Presente neste artigo está um dos últimos 20 Mistral produzidos, ou seja, de 1970 e com o motor de 4,0L de cilindrada. Este exemplar foi vendido através do concessionário Thepenier, em França, pintado na cor Rame Metallizzato com interior Nero e veio equipado com o raro opcional das jantes Campagnolo. Foi registado em Março de 1970, mas apenas seria vendido ao primeiro proprietário em 1983.

Em 1988 foi adquirido ao segundo proprietário, que o utilizou apenas para levar os seus filhos à escola e pouco mais, ficando esquecido na sua garagem cerca de 30 anos, tendo percorrido pouco mais de 42 mil quilómetros.

No passado dia 31 de Janeiro foi levado a leilão, através de um evento levado a cabo pela RM Sotheby’s em Paris, sendo arrematado por 77.625 euros.

1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_882411
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_204549
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_276925
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_245836
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_306059
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_382372
1970-Maserati-Mistral-4-0-Coupe_405200