Híbridos PHEV da DS passam a ter “geofencing” para Zonas de Emissões Reduzidas: como funciona?

22/04/2024

O serviço “geofencing” ativa automaticamente o modo elétrico nos automóveis plug-in Hybrid nas Zonas de Emissões Reduzidas.

 

As Zonas de Emissões Reduzidas que várias cidades europeias possuem têm por objetivo limitar a circulação dos veículos mais poluentes.

Algumas destas zonas têm um nível de restrições mais forte, adotando a designação de Zonas de Emissões Zero, onde apenas veículos de zero emissões são permitidos. Significa que os veículos com motor de combustão interna são proibidos. Apenas têm “luz verde” para circular os 100% elétricos e os veículos híbridos plug-in que apenas circulem nessas áreas em modo puramente elétrico.

Na Europa, dezenas de países e inúmeras regiões já têm zonas Zonas de Emissões Reduzidas e múltiplas autarquias tencionam juntar-se a esta lista.

O software de alguns PHEV está já capacitado para acionar o modo EV de forma automática, assim que o automóvel entrar numa dessas artérias ou bairros.

Como é que funciona este sistema?

O sistema calcula antecipadamente as zonas de baixa emissão para viajar até ao destino e ajusta quando deve ser utilizado o motor elétrico e quando deve ser utilizado o térmico para conservar a carga da bateria até ao momento mais adequado.

Recorrendo a dados de localização, o condutor recebe um aviso ao aproximar-se de uma Zona de Emissões Reduzidas. Ao entrar na área definida, é automaticamente selecionado o modo elétrico se houver energia suficiente na bateria. A seleção automática do motor elétrico impede, assim, o condutor de vir a ser autuado, já que o motor térmico é automaticamente desligado.

Diversos fabricantes, entre os quais as marcas do Grupo Stellantis, a Ford, a Toyota, a Mercedes-Benz e a BMW, têm esta tecnologia nos seus Plug-in.

A BMW foi o primeiro construtor a introduzir o geofencing nos seus veículos.

A DS é um dos mais recentes construtores cujos Plug-in passam a dispor deste tipo de tecnologia de “geofencing” (“cerca geográfica” ou “delimitação geográfica”), mais concretamente nos modelos DS 4 E-Tense, DS 7 E-Tense e DS 9 E-Tense equipados com DS Iris System.

A Zona de Emissões Reduzidas é assinalada a verde no mapa do sistema de navegação conectado, acompanhado de um ícone.

As zonas de delimitação geográfica são marcadas com uma “cerca” digital que aciona a mudança para o modo elétrico quando um PHEV atravessa a “fronteira”. Na maioria dos casos, estas zonas correspondem às zonas ambientais definidas pelas autoridades municipais e governos locais.

Este é um modo ativo de “geofencing”. Mas está também disponível um modo passivo, seja nos motores 100% elétricos, a gasolina, Diesel ou híbridos para avisar os condutores das Zonas de Emissões Reduzidas com a sugestão de um percurso alternativo se a viagem os levar para além da zona em questão.

No caso da DS, que passa a disponibilizar esta ferramenta, o serviço “geofencing” baseia-se na atualização da navegação conectada incluída no Pack Connect Plus, que inclui, igualmente, a função ChatGPT, esta integrada no reconhecimento de voz IRIS, os comandos remotos e os E-Comandos remotos, o alarme conectado, Send2Nav e ainda o EV Trip Planner e o e-Routes (consoante o modelo). Este pack é proposto de série em todos os modelos da DS Automobiles por um período de três anos.