A Lotus distingue-se de marcas como a Ferrari, Porsche ou Lamborghini por apostar na redução de peso antes de pensar em aumentos loucos de potência para atingir performances dignas de um superdesportivo. É o caso desta nova evolução do Lotus 3-Eleven, que se tornou o modelo de estrada mais rápido na história da marca britânica, graças a uma pequena redução de peso e a um curto aumento de potência.

A carroçaria de fibra de carbono foi revista, de modo a que o peso total do conjunto cai de 925 kg do 3-Eleven original para os 920 kg. A asa traseira ganhou mais 50 mm em altura, enquanto a carroçaria ganhos novos difusores à frente e atrás. O resultado é um aumento de 20 por cento no apoio aerodinâmico em curva. A suspensão tem amortecedores ajustáveis Öhlins, enquanto o chassis conta ainda com controlo de tração com seis posições ajustáveis.

Quanto ao motor 3.5 V6 de origem Toyota, vê a potência subir dos 410 para os 430 cv, daí o seu nome. Este aumento garante uma incremento da velocidade máxima de 280 para 290 km/h, demorando apenas 3,2 segundos para atingir os 100 km/h, menos um décimo de segundo que na geração anterior. O Lotus 3-Eleven 430 vai ter a produção limitada a apenas 20 unidades.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.