Novo Mercedes-Benz Classe C: Evolução continuada

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Sem mudanças profundas a nível estético, o novo Classe C surge com muitas melhorias técnicas e tecnológicas que a Mercedes-Benz traz agora para este seu bem-sucedido familiar Premium. Efetivamente, na sua atual geração, o Classe C foi o modelo mais vendido da marca alemã com um total de vendas a nível mundial de 415.000 unidades.

Não é difícil perceber, por isso, que mesmo com a ascensão dos SUV e doutros modelos, como o Classe A, o Classe C continua a ter uma importância muito forte no seio da Mercedes-Benz, merecendo em 2018 uma renovação estética e técnica que o irá manter a par da sua concorrência.

Como grande novidade, a dianteira apresenta para-choques redesenhados para todos os níveis de equipamento, havendo diferenças relativas consoante a linha escolhida. Ou seja, nesta nova versão, por exemplo, a linha de design exterior AMG inclui de série a grelha do radiador com padrão em diamante, enquanto a linha Exclusive transmite uma aparência ainda mais expressiva e a linha Avantgarde confere um carácter mais orientado para a dinâmica.

O para-choques dianteiro inclui uma lamela prateada (de série), uma lamela cromada (em combinação com a linha de design exterior Avantgarde) ou três lamelas cromadas (linha de design exterior Exclusive). Na linha de design exterior AMG, o modelo está equipado com um para-choques dianteiro AMG com uma nova geometria enquanto o para-choques traseiro, com painel em forma de difusor, apresenta um novo design. O para-choques traseiro nas versões Limousine e Station inclui uma nova secção inferior, na qual a geometria, o revestimento e o revestimento das ponteiras do tubo de escape variam em função do equipamento e da versão do motor.

O design dos faróis dianteiros e dos farolins traseiros também tem diferenças consoante a linha de equipamento, surgindo de série com faróis de halogéneo que incorporam luzes diurnas LED. Os faróis LED High Performance estão disponíveis como opção. Pela primeira vez neste modelo, estão disponíveis os faróis Multibeam LED com luzes de máximos Ultra Range. O espectro de cor foi alargado através da inclusão das cores prata Mojave metalizado e verde esmeralda metalizado para as versões Limousine e Station.

Interior mais requintado

Ao nível do interior, o Classe C caracteriza-se pelas suas linhas fluidas numa nova interpretação daquilo que a Mercedes-Benz apelida de “luxo moderno”. A consola central tem revestimento contínuo disponível em madeira porosa de nogueira com acabamento em castanho ou madeira porosa de carvalho com acabamento em antracite. Os novos interiores foram concebidos com as novas cores cinza/preto Magma, e castanho sela para a linha design interior AMG.

De série, o Classe C passa a ter a função Keyless-Go, enquanto o botão Start/Stop tem um novo design em forma de turbina. A chave do veículo também foi alvo de remodelação e apresenta igualmente um novo design, com três variantes à escolha: preto com guarnição em cromado brilhante, branco com guarnição em cromado ou branco brilhante com guarnição em cromado mate.

Novidade é também o Pack de Bancos Dianteiros Multicontorno, em que as câmaras de ar laterais e o apoio lombar podem ser ajustados individualmente através de um compressor acionado eletricamente para um efeito de massagem na zona lombar quando a função está ativada. As funções pneumáticas do banco são comandadas através do sistema multimédia.

Painel de instrumentos totalmente digital em opção

A solução que a Mercedes-Benz estreou no Classe S ao nível da instrumentação continua a estender-se a mais modelos da gama, chegando agora ao Classe C. Este opcional painel de instrumentos totalmente digital, que permite escolher entre três estilos diferentes de painéis de instrumentos – o “Classic”, o “Sport” e o “Progressive”, passa a fazer parte da lista de equipamentos opcionais, com uma largura de 12.3 polegadas e imagem de alta resolução de 1920 x 720 pixels. Além de determinada informação como o conta-quilómetros parcial ou o consumo de combustível, o condutor também poderá visualizar os dados da navegação ou o indicador ECO no painel de instrumentos.

O renovado classe c será apresentado oficialmente em Genebra e chegará a portugal em julho.

O modelo básico – de série – combina dois instrumentos analógicos tubulares. Entre os tubos está instalado um ecrã a cores de 5.5 polegadas (resolução: 383 x 600 pixels).

Unido ao painel de instrumentos digital está o ecrã multimédia também disponível em dois tamanhos. Em combinação com o Audio 20, o ecrã tem uma largura diagonal de 7 polegadas e uma resolução de imagem de 960 x 540 pixels. Neste caso, o estilo apresentado também corresponde ao “Classic”.

Em combinação com o Audio 20, está disponível, pela primeira vez, um ecrã central de alta resolução com formato 16:9 – com uma largura diagonal de 10.25 polegadas e uma resolução de imagem de 1920 x 720 pixels (de série em combinação com o opcional sistema COMAND Online). Tal como no painel de instrumentos, aqui também está disponível uma seleção de três estilos de exibição.

No volante, existem botões de controlo táteis, respondendo aos movimentos dos dedos tal como um ecrã de um smartphone. Outra característica nova corresponde ao comando do cruise control que poderá ser realizado através dos controlos no volante. Por outro lado, o sistema de infoentretenimento também pode ser comandado através do touchpad na consola central e pelo controlo por voz Linguatronic. As funções do veículo como o aquecimento dos bancos também podem agora ser acionadas através do controlo por voz.

Condução inteligente

Por fim, também importando algumas soluções doutros modelos da marca, o renovado Classe C está equipado com modernos sistemas de assistência à condução, podendo conduzir de forma semiautónoma em determinadas situações. Para tal, os sistemas do modelo monitorizam as situações de trânsito: os sistemas de câmara e de radar aperfeiçoados permitem monitorizar o trânsito até uma distância de 500m em frente ao veículo. A zona circundante ao veículo é examinada pelo radar até uma distância de 250m a partir da extremidade dianteira do veículo, 40m a partir das laterais e 80m da secção traseira, sendo ainda examinada pela câmara até uma distância de 500m a partir da extremidade dianteira do veículo, incluindo 90m em 3D. O Classe C também utiliza dados de mapa e de navegação nas funções de assistência. O sistema Distronic, incluído no Pack de Assistência à Condução Plus, pode assistir o condutor em várias situações com base na informação do mapa e ajustar antecipada e confortavelmente a velocidade, como por exemplo, quando se aproxima de curvas, cruzamentos ou rotundas. Outros novos desenvolvimentos incluem o Assistente de Faixa de Rodagem e o Assistente à Travagem de Emergência como novas funções do Assistente de Direção. O novo Classe C está equipado de série com o Assistente à Travagem de Emergência.

Também no capítulo da segurança, o Classe C conta com faróis opcionais Multibeam LED, em que cada farol incorpora 84 LED controlados individualmente. Estes permitem uma regulação eletrónica extremamente rápida e precisa dos faróis para adaptar o veículo às atuais situações de trânsito.

No modo luzes de máximos, a função Assistente de Máximos Highbeam permite iluminar continuamente a estrada até uma longa distância sem encandear os condutores dos veículos que circulam no sentido inverso. Quando não são detetados outros veículos, a estrada por diante for uma reta e a velocidade do veículo for superior a 40 km/h, as luzes de máximos Ultra Range são ligadas automaticamente. Esta função produz a máxima intensidade luminosa permitida por lei, que resulta na manutenção do brilho das luzes de máximos imediatamente abaixo do valor de referência de 1 lux a uma distância de mais de 650 metros.

ENERGIZING: para um maior bem-estar

Opcional é também a nova funcionalidade de conforto Energizing, que liga vários sistemas como as de climatização do interior (incluindo a fragrância), dos bancos (aquecimento, ventilação e massagem), de iluminação e do sistema de áudio – além de configurar as condições de conforto do veículo em função do estado anímico e das necessidades do condutor. Em função do nível de equipamento, estão disponíveis até seis programas, sendo que as funções individuais dos programas podem ser desativadas. Em termos de iluminação ambiente, existem 64 cores opcionais para harmonizar o habitáculo.

Em matéria de sistemas de multimédia, destaque para a mais recente geração do sistema COMAND Online (opcional), com navegação 3D por disco rígido com indicação de mapas topográficos, imagens fotorrealistas de edifícios em 3D e rotações de mapas também em 3D. No mapa de navegação é indicada informação abrangente: além da informação de trânsito em tempo real, também é possível, por exemplo, incluir as mensagens de aviso da Car-to-X, a informação de meteorologia, os postos de abastecimento incluindo os preços dos combustíveis e os parques de estacionamento gratuitos.

Com o serviço Concierge (disponível mediante subscrição), os clientes do Mercedes.me connect têm à sua disposição uma série de serviços personalizados: desde reservas de restaurantes, sugestões de itinerários turísticos, obtenção de informação sobre eventos culturais ou desportivos e envio de destinos de navegação diretamente para o veículo. O carregamento sem fios é uma funcionalidade também disponível opcionalmente.

No que diz respeito a motores, nota para os incrementos de potência em diversos modelos, destacando-se o C 220 d que passará a debitar 194 CV. Mais detalhes deverão ser revelados no Salão de Genebra, quando o Classe C fizer a sua estreia oficial.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.