Há um problema com a imagem de muitos automóveis elétricos. Várias marcas querem usar o design para chamar atenção para a tecnologia, e estes acabam por ter uma personalidade demasiado… robótica. Para convencer as pessoas a adotar um carro elétrico, é preciso uma roupagem mais familiar. E que tal recordar os veículos de antigamente para promover o uso da viaturas elétricas na cidade? É assim que surge este pequeno automóvel, chamado Nobe.

Além de parecer um típico citadino dos anos 60, há outra coisa no Nobe que chama a atenção imediatamente: só tem três rodas. Com duas rodas dianteiras e uma traseira, o novo modelo faz lembrar viaturas clássicas como o Isetta, o Messerchmidt KR ou o Morgan de 1932. Mas os criadores do conceito, baseados na Estónia, também querem prestar homenagem àquele que é considerado o primeiro automóvel, o Benz Motor Wagen de 1885.

Não há, no entanto, nada de antiquado na conceção do primeiro modelo da Nobe Motors, que vai ser vendido como Nobe 100. A equipa responsável pela criação da marca estónia inclui pessoas que trabalharam no catamarã VillaCruiser 42, em carros que participaram no Rali de Monte Carlo Elétrico e na promoção do jogo Angry Birds. O Nobe vai estar adaptado a uso citadino, com uma bateria com uma autonomia de 220 km, mas também pode receber uma bateria portátil adicional. O motor elétrico vai fornecer energia às três rodas e propulsionar o carro até 110 km/h.

Para financiar o desenvolvimento do seu carro elétrico, a empresa está a oferecer ações a investidores através do site de crowdfunding FundedByMe, mas também lhe permite fazer um depósito para um dos primeiros 100 automóveis, a partir das 50 mil coroas suecas (4875 euros).

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.