SEAT e Saba querem entregar compras no estacionamento

Pedro Junceiro
Pedro Junceiro
Editor Conteúdos

Comprar online e mandar entregar a mercadoria no carro está cada vez mais perto de ser uma realidade do dia-a-dia. Uma das companhias que também está empenhada na concretização deste tipo de modalidade de compras é a SEAT, que encetou uma parceria com a Saba, operador na área da mobilidade urbana especializado na gestão de parques de estacionamento, criando a aplicação Droppit, a qual permitirá exatamente essa conexão entre os mundos virtual e real.

Os testes-piloto vão decorrer durante seis meses em colaboração com o supermercado virtual Deliberry e a empresa de entregas Glovo, recorrendo aos parques de estacionamento geridos pela Saba na cidade de Barcelona, mais concretamente nos parques de Pau Casals e de Lluís Companys.

Nesta primeira fase, o Droppit – disponível tanto para os sistemas operativos iOs como para Android – permitirá que o cliente realize e receba a sua compra através da Deliberry, que fará a recolha na loja física e realizará a entrega dos pedidos no veículo do cliente. Também será possível ao utilizador contactar a Glovo para a entrega de qualquer tipo de encomendas em qualquer estacionamento da Saba.

O cliente deixará a chave do veículo com o pessoal da Saba, que ficará responsável por acompanhar o entregador até ao automóvel, depositando no interior a encomenda. No futuro, o objetivo passa por permitir que a tecnologia simplifique o processo, ao possibilitar o acesso dos empregados de serviço ao veículo através da impressão digital reconhecida pela própria aplicação.

Acordo estratégico com a Saba

O lançamento desta solução implica mais um passo na aposta da SEAT no reforço do ecossistema de mobilidade à volta do veículo. Droppit integra-se no acordo de colaboração que Luca de Meo, Presidente da SEAT, assinou com Josep Martínez Vila, CEO da Saba, em maio, durante o Salão de Barcelona. O objetivo desta aliança supõe a integração da Saba no ecossistema digital da SEAT para o desenvolvimento de serviços associados ao automóvel e ao estacionamento.

Entre outros projetos, as duas empresas estudam a oferta de um sistema de reserva e de pagamento de lugares de estacionamento através de uma app, nomeadamente com o trabalho em projetos como o Parkfinder 2.0. Este serviço prevê disponibilizar, em tempo real, a informação sobre lugares de estacionamento livres, ajustando as recomendações consoante as necessidades reais de cada cliente.

Em continuidade, o acordo contempla o desenvolvimento de outros serviços relacionados com o tempo que os automóveis permanecem estacionados nos parques, como a possibilidade de reabastecimento de combustível, entre vários outros serviços, tendo em conta que, em média, se calcule que os veículos particulares passem 95% do tempo estacionados.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.