24 Horas de Daytona: Filipe Albuquerque o mais rápido nos testes

O registo alcançado por Filipe Albuquerque no seu segundo treino livre manteve a Action Express Racing na frente da tabela após a segunda sessão de treinos. Inicialmente foi Christian Fittipaldi que colocou o Cadillac DPi-V.R na frente, e mais tarde na sessão, Filipe Albuquerque melhorou ainda mais o registo do brasileiro, para 1m37.196s, deixando os homens da Core AutoSport a 0.107s.

Renger van der Zande foi terceiro com o Cadillac da Wayne Taylor Racing Cadillac #10, enquanto Tristan Vautier foi quarto com outro Cadillac, este da Spirit of Daytona. Ho-Pin Tung, colega de equipa de António Félix da Costa no #78 da Jackie Chan DC Oreca/Jota, foram quintos classificados. A equipa dos ‘meninos’ de Nuno Pinto, Lance Stroll, Felix Rosenqvist, Robin Frijns e Daniel Juncadella, foram sétimos classificados, depois de não terem rodado na primeira sessão.

Fernando Alonso continua a sua adaptação a estes carros, com o Ligier LMP2 #23 da United Autosports a terminar na 13ª posição. Lando Norris voltou a fazer novamente o melhor registo da equipa, na frente de Alonso.

Nos GTLM, Laurens Vanthoor foi o mais rápido com o seu Porsche, da Porsche GT Team, na frente do melhor Ford da Chip Ganassi Racing, pilotado por Ryan Briscoe. Nos GT Daytona, Franck Perera da GRT, Grasser RAcing Team, foi o mais rápido, com o seu Lamborghini Huracan na frente do Manthey Porsche 911 de Matteo Cairoli.

Nesta categoria estão ainda mais dois portugueses, Álvaro Parente da Michael Shank Racing e Pedro Lamy, no Ferrari 488 GTE da Spirit of Race e que foram, 12º e 15º respetivamente, O ‘Roar before the Rolex 24’ prossegue hoje, com mais três sessões, às 15:50, 20:30 e 23:30, hora portuguesa, claro…