Armindo Araújo: “Sentimento agridoce…”

Armindo Araújo e Luís Ramalho venceram pela terceira vez consecutiva no Campeonato de Portugal de Ralis, depois de dominarem o Rali Vidreiro, prova que marcou a estreia do Hyundai i20 R5 nos pisos de asfalto. Desta forma, o piloto do Team Hyundai Portugal reforçou a liderança do campeonato disputadas cinco das nove provas do calendário.

Num rali instável no que toca a condições climatéricas, a dupla do Hyundai I20 R5 assumiu a liderança logo na primeira especial e só não venceu três das dez classificativas disputadas. No pódio final, instalado em São Pedro de Moel, o piloto de Santo Tirso admitiu que “foi um rali que conseguimos dominar desde o início e onde demonstrámos ser competitivos nos pisos de asfalto. O Hyundai i20 R5 foi um ótimo aliado estamos muito contentes com tudo aquilo que fizemos durante estes dias e naturalmente com o resultado final. Passo a passo vamos caminhando rumo ao objetivo que traçamos e a liderança do campeonato é obviamente a posição que queremos manter até ao final”.

Num rali carregado de emoções distintas, Armindo Araújo e Luís Ramalho fizeram questão de deixar uma palavra para os seus colegas de equipa que na sexta-feira sofreram uma saída de estrada no início da prova. “É muito difícil gerir e manter a concentração quando vemos companheiros de equipa passarem uma situação destas e esta vitória é dedicada a todo o Team Hyundai Portugal, mas particularmente ao Carlos Vieira e ao Jorge Carvalho”, referiu Armindo Araújo.