CPVT: Salvador vitorioso na corrida 2 em Braga

Pedro Salvador (Cupra) regressou aos triunfos no nacional de velocidade, tendo dominado a corrida 2 desde o arranque até ao final. Salvador teve uma largada muito boa e superou Rafael Lobato (Peugeot) que tinha conquistado a pole para esta prova.

Francisco Mora (Cupra), depois do toque da corrida 1, largou do fim da grelha por ter sido penalizado por quebra de parque fechado, para que a equipa pudesse fazer as reparações necessárias. A Veloso não teve uma tarde muito feliz, com Francisco Carvalho (Audi) a arrancar muito mal e a cair até último.

Lobato tentou pressionar Salvador, mas o seu ex-companheiro de equipa aguentou a primeira posição enquanto atrás deste duo, seguia Manuel Gião (Kia) e José Cautela (VW).

O Kia de Gião voltou a não colaborar e obrigou o piloto a regressar as boxes ainda antes da metade da corrida, com problemas numa correia, que obrigou o piloto a desistir. Enquanto isso, Salvador continuava a aumentar a vantagem para Lobato, enquanto mais atrás, José Correia (Nissan) começava a aumentar o ritmo e Mora subia até à quarta posição.

Na volta 7, Gustavo Moura (Audi) entrou para as boxes, com problemas com o seu Audi, que regressou à pista pouco depois. José Correia impunha a potência do seu GT na pista e subiu até à segunda posição, suplantando Lobato.

Na parte final da corrida o destaque foi para luta entre Mora, Daniel Teixeira (Seat Leon) e Francisco Carvalho. João Sousa (Seat Leon) acabou a corrida com principio de incêndio na sua máquina e José Cautela não conseguiu ver a bandeira de xadrez, obrigado a regressar às boxes com um problema no seu VW.

Vitória para Pedro Salvador, seguido de José Correia e Rafael Lobato. Seguiram-se Mora, Teixeira, Carvalho.

Resultados aqui

Fábio Mendes/Autosport