ERC/Rali das Canárias: Bruno Magalhães termina em sétimo

Bruno Magalhães foi o quarto mais rápido na última especial do Rali das Canárias e conseguiu subir ao sétimo lugar da prova espanhola, posição que tinha perdido na especial anterior. O piloto português teve um rali difícil e não conseguiu andar próximo do pódio, tal como pretendia, devido à escolha errada da afinação a utilizar neste segundo dia.

No final do troço, Magalhães disse que “foi um rali muito difícil para nós. Fizemos um rali limpo, mas perdi muito tempo durante todo o fim de semana. Não foi um bom fim de semana”.

Alexey Lukyanuk venceu nas Canárias, tendo dominado sempre o rali. O piloto russo não deu hipóteses à concorrência e terminou com 51.4s para Nikolay Gryazin. A fechar o pódio ficou Fabian Kreim, mas este resultado ainda não é final, porque o piloto pode ser penalizado, uma vez que começou a última especial dois minutos atrasado por ter sido mandado parar pela polícia. Com isto, José Antonio Suárez pode assumir o último lugar do pódio.

Já Diogo Gago foi o vencedor no que ao Junior U27 diz respeito. O piloto português foi o mais rápido ao longo de todo o dia de hoje e conseguiu a sua segunda vitória do ano na competição, liderando, portanto, o campeonato.

O piloto português bateu Martins Sesks por 8.9s, após uma excelente prestação numa luta que chegou a ser a três, juntando-se a estes dois pilotos Efrén Llarena, que teve um despiste no segundo troço do dia, quando disputava a liderança com Gago e Sesks. A fechar o pódio deste campeonato ficou Simon Wagner.

O próximo rali do ERC a contar para o Junior U27 é o Rali de Roma, no final de julho.