F1, Bernie Ecclestone: “Devia começar-se uma nova F1 totalmente elétrica”

Bernie Ecclestone acredita que a Liberty Media devia pensar numa mudança para monolugares elétricos. O objetivo é acompanhar o crescimento atual do mercado de carros elétricos e da Fórmula E, que atraiu, com sucesso, vários fabricantes, como a Renault, BMW, Audi ou Citroen, enquanto a Mercedes e a Porsche estão a preparar a sua entrada.

“Nós ainda possuímos o nome Fórmula 1, ainda temos contratos com promotores. Vamos fazer diferentes tipos de carros, vamos falar com os fabricantes e começar uma nova F1 totalmente elétrica, uma Fórmula 1 para o futuro. Seria uma super Fórmula E, se assim quisermos chamar. Os carros podem ser como um carro de F1 e a única coisa de que se sentiria falta seria do som, mas acredito que se pudesse encontrar algo para fazer mais ou menos o antigo ruído da F1”, disse Ecclestone ao jornal The Guardian.