F1: Lewis Hamilton envolvido nos Paradise Pappers

Lewis Hamilton foi apanhado no processo Paradise Pappers, uma investigação feita por vários jornais por toda a Europa, incluindo Portugal.

O campeão do mundo de 2017 foi apanhado quando comprou o seu jato privado em 2013. O avião de Hamilton custou 27 milhões de dólares, mas, através da sociedade de advogados Appleby, o britânico recuperou 5,2 milhões do dinheiro investido, referente ao IVA.

Hamilton já deu ordem aos seus advogados para tratarem do assunto, com os mesmos a dizerem que o britânico tem uma equipa a tratar destes negócios mas que nenhuma recorreu a este tipo de serviços.