F1: Max Verstappen renova contrato com a Red Bull até 2020

Apesar das ‘investidas’ da Mercedes, Max Verstappen prolongou o seu contrato com a Red Bull Racing até 2020. Portanto, por mais um ano já que o seu vínculo terminava no final de 2019, embora tivesse cláusulas que poderia redundar num ‘divórcio’.

Nada disso vai acontecer, sendo que este acordo, embora isso não tenha sido divulgado, deve colocar o jovem holandês bem mais a cima no top de salários da Fórmula 1:

“A Red Bull sempre mostrou a sua fé e crença em mim, com ações, convidando-me para o programa de jovens pilotos aos 16 anos, oferecendo-se depois a possibilidade de me estrear (e vencer) na Fórmula 1 quando tinha apenas 17 anos, e depois a oportunidade de correr com a Red Bull Racing. Sempre me apoiaram e à minha ambição e sabemos ambos que partilhamos essa vontade. O seu apoio, desde os funcionários da fábrica até à equipa nos Grandes Prémios, independentemente do que acontece nas pistas, sempre foi 100 por cento. E também tivemos muito momentos divertidos! Estou muito feliz por me comprometer ainda mais com a Red Bull Racing e estou ansioso para trabalhar em conjunto para ter mais sucesso nos próximos anos” disse Max Verstappen.