A F1 prepara mudanças a nível de aerodinâmica, motores e suspensão

A equipa de especialistas que está a trabalhar sobre o futuro da Fórmula 1 está a focar-se em três áreas da performance dos monolugares – aerodinâmica, motores e suspensão.

“Estamos a analisar o regulamento técnico e desportivo. Precisamos de usar esta lente (pesquisa de audiência) para inspecionar cada alteração que queremos fazer. Agora, podemos dizer, vamos decidir quais são os nossos diferenciadores de performance. O regulamento técnico da F1 é dividido em 21 secções. Podemos ver nessas secções que, algumas delas, não são muito relevantes para o espetáculo. Portanto, decidimos fazer algo tecnicamente, queríamos ter três diferenciadores de performance. Eles seriam a aerodinâmica – é interessante para muitas pessoas e ninguém poderia escrever regras que não a incluíssem como diferenciador de performance, então, podemos esperar que seja uma das coisas que importam. Do mesmo modo, a unidade de potência. Para os construtores envolvidos com a F1, é importante, é interessante para os adeptos, portanto, vamos tornar isso um diferencial de performance. Finalmente, a suspensão – e, com isso, quero dizer a maneira como tratamos os pneus, como as equipas os utilizam. São os três diferenciadores técnicos que queremos ver. Haverá outros – pilotos, paragens, mecânicos, estratégia. No entanto, vamos focar-nos naqueles aspectos técnicos””, disse Pat Symonds.