Formula E: Di Grassi vence corrida caótica no México

Lucas di Grassi emergiu vencedor numa corrida caótica no Mexico City ePrix, disputada num alterado Circuito Hermanos Rodriguez, já que o piloto brasileiro da Audi Sport Team Abt era último depois de ter parado nas boxes na terceira volta, devido a uma ‘asa’ partida. Mas ‘jogou’ com o ‘safety car’ antes da prova chegar a meio para vencer diante de Jean-Eric Vergne e Sam Bird.

Foi uma prova que José Maria Lopez chegou a liderar antes de perder das paragens nas boxes obrigatórias, mas depois atrasou-se quando tentou ultrapassar Jerôme d’Ambrosio e acabou por fazer um pião. Lopez acabaria a prova apenas na sexta posição, diante de Daniel Abt, que perdeu a ‘pole-position’ devido a uma penalização por infração na pressão dos pneus durante a qualificação.

A prova também não foi ‘simpática’ com António Félix da Costa, que depois de um ‘pitstop’ irregular acabou por ficar parado na pista com problemas no seu monolugar. O piloto português já não foi a tempo de ser penalizado, mas o seu companheiro de equipa, Robin Frijns não foi tão feliz e foi obrigado a passar pelas boxes para cumprir o castigo por parar menos do que o tempo mínimo obrigatório a quando da troca de carros.

Classificação

1º Lucas di Grassi (Audi Sport Team Abt) 40 voltas
2º Jean-Eric Vergne (Techeetah) a 1,966s
3º Sam Bird (DS Virgin Racing) a 5,480s
4º Mitch Evans (Panasonic Jaguar Racing) a 9,770s
5º Nicolas Prost (Renault eDams) a 9,956s
6º Jose Maria Lopez (DS Virgin Racing) a 10,631s
7º Daniel Abt (Abt Shaeffler Audi Sport) a 11,694s
8º Adam Carroll (Panasonic Jaguar Racing) a 13,722s
9º Nelson Piquet Jr (NextEV Nio) a 14,156s
10º Esteban Gutierrez (Techeetah) a 15,717s