GP Abu Dhabi: Mais uma pole position de Valtteri Bottas

Valtteri Bottas tomou-lhe o gosto e depois de ter obtido a pole-postion no GP do Brasil de F1 repetiu o feito em Abu Dhabi, assegurando a quarta pole-positioon do ano e da sua carreira na F1. Lewis Hamilton parecia estar a realizar uma volta que lhe poderia dar a pole, mas o seu Mercedes escorregou um pouco para além da medida certa na última curva e o piloto inglês ficou-se pela partilha da primeira linha com o seu colega de equipa na Mercedes.

Sebastian Vettel foi terceiro a mais de meio segundo de Bottas, com Daniel Ricciardo em quarto, a 0.728s. Kimi Raikkonen foi quinto, na frente de Max Verstappen. Boa prestação de Nico Hulkenberg, que colocou o seu Renault na sétima posição, na frente dos dois Force India com Sergio Pérez na frente de Esteban Ocon. A encerrar o top 10 ficou Felipe Massa, naquela que foi a última qualificação da sua carreira na F1.

Equilíbrio em pista só houve na sexta feira de treinos livres, com três carros de três equipas separados por 0.148s na primeira sessão e 0.303s na segunda, mas durou pouco, pois hoje, no terceiro treino livre já ficaram dois Mercedes na frente e o terceiro (Raikkonen) já ficou a mais de meio segundo. A qualificação não foi mais equilibrada, com Vettel a mais de meio segundo de Bottas.

GP Abu Dhabi F1, Q2: Massa ‘elimina’ Alonso
Depois de Lance Stroll se ter conseguido ‘safar’ nos derradeiros momentos da Q1, nesta fase da qualificação, a Q2, foi a vez de Felipe Massa fazer o mesmo, ‘atirando’ os dois McLaren para fora do top 10, e eliminando Fernando Alonso, que era décimo. Os restantes eliminados foram, 12º Carlos Sainz; 13º Stoffel Vandoorne; 14º Kevin Magnussen e 15º Lance Stroll. A ordem da Q2 foi: 1 Hamilton; 2 Bottas; 3 Vettel; 4 Raikkonen; 5 Ricciardo; 6 Verstappen; 7 Hulkenberg; 8 Perez; 9 Ocon; 10 Massa

GP Abu Dhabi F1, Q1: Lance Stroll ‘safa-se’ na última volta
Lance Stroll ajudou a colocar os dois Williams na Q2, com um registo para lá do cronómetro regressivo ter chegado a zero, que o pôs na frente de Romain Grosjean, que foi 16º e o mais bem colocado dos ‘eliminados’. Os restantes foram Pierre Gasly, Pascal Wehrlein, Marcus Ericsson e Brendon Hartley. Bottas foi o mais rápido desta fase da qualificação na frente de Hamilton; 3 Raikkonen; 4 Vettel; 5 Ricciardo; 6 Verstappen; 7 Perez; 8 Massa; 9 Vandoorne; 10 Hulkenberg; 11 Sainz; 12 Alonso; 13 Ocon; 14 Magnussen; 15 Stroll.

1 Valtteri Bottas MERCEDES 1:37.356 1:36.822 1:36.231
2 Lewis Hamilton MERCEDES 1:37.391 1:36.742 1:36.403
3 Sebastian Vettel FERRARI 1:37.817 1:37.023 1:36.777
4 Daniel Ricciardo RED BULL RACING 1:38.016 1:37.583 1:36.959
5 Kimi Räikkönen FERRARI 1:37.453 1:37.302 1:36.985
6 Max Verstappen RED BULL RACING 1:38.021 1:37.777 1:37.328
7 Nico Hulkenberg RENAULT 1:38.781 1:38.138 1:38.282
8 Sergio Perez FORCE INDIA MERCEDES 1:38.601 1:38.359 1:38.374
9 Esteban Ocon FORCE INDIA MERCEDES 1:38.896 1:38.392 1:38.397
10 Felipe Massa WILLIAMS MERCEDES 1:38.629 1:38.565 1:38.550
11 Fernando Alonso MCLAREN HONDA 1:38.820 1:38.636
12 Carlos Sainz RENAULT 1:38.810 1:38.725
13 Stoffel Vandoorne MCLAREN HONDA 1:38.777 1:38.808
14 Kevin Magnussen HAAS FERRARI 1:39.395 1:39.298
15 Lance Stroll WILLIAMS MERCEDES 1:39.503 1:39.646
16 Romain Grosjean HAAS FERRARI 1:39.516
17 Pierre Gasly TORO ROSSO 1:39.724
18 Pascal Wehrlein SAUBER FERRARI 1:39.930
19 Marcus Ericsson SAUBER FERRARI 1:39.994
20 Brendon Hartley TORO ROSSO 1:40.471