GP China: Seis de seguida para Hamilton

Lewis Hamilton tornou-se no 12º piloto a conseguir seis pole positions seguidas na Fórmula 1, depois de ser o mais rápido na Q3. O piloto inglês melhorou na última tentativa, colocando na altura Sebastian Vettel a 0.408s. Valtteri Bottas ainda realizou um registo que o colocou na segunda posição por alguns momentos, mas Vettel respondeu e colocou-se ao lado de Hamilton, na primeira linha, na segunda posição.

Os pilotos partiram para as derradeiras tentativas com Lewis Hamilton 0.184s na frente de Sebastian Vettel, com Valtteri bottas a 0.363s do seu colega de equipa. Kimi Raikkonen era quarto a 0.714s, na frente de Daniel Ricciardo, que ficou bem distante, a 1.359s de Hamilton. E as posições não mudaram nas últimas tentativas, mesmo que os pilotos tenham melhorado os seus registos.

Daniel Ricciardo terminou na posição esperada, o mesmo sucedendo com Felipe Massa, , com Nico Hulkenberg a melhorar substancialmente a sua posição na grelha em Melbourne, onde foi  11º. Na China, deu um ‘salto’ até ao 7º lugar. Atrás de si terminaram Sergio Pérez, que foi 10º na Austrália, Daniil Kvyat, que fez exatamente o mesmo e  Lance Stroll, que tinha partido do fundo da grelha em Melbourne.

Tempos Q3
1 Hamilton 1m31.678s
2 Vettel 1m31.864s
3 Bottas 1m31.865s
4 Raikkonen 1m32.140s
5 Ricciardo 1m33.033s
6 Massa 1m33.507s
7 Hulkenberg 1m33.580s
8 Perez 1m33.706s
9 Kvyat 1m33.719s
10 Stroll 1m34.220s

Q2: LANCE STROLL ESTREIA-SE NA Q3
Kimi Raikkonen bateu o recorde da volta mais rápida ao traçado de Xangai na segunda fase da qualificação do GP da China de Fórmula 1, numa fase da sessão em que Lance Stroll colocou o seu Williams na décima posição, o que o leva a atingir a fase decisiva da qualificação pela primeira vez na sua carreira na Fórmula 1. Eliminados nesta fase da qualificação foram Carlos Sainz, que não melhorou com o seu Toro Rosso na sua última tentativa, Kevin Magnussen, Fernando Alonso, Marcus Ericsson e Antonio Giovinazzi.

Tempos Q2

1 Raikkonen 1m32.181s
2 Vettel 1m32.391s
3 Hamilton 1m32.406s
4 Bottas 1m32.552s
5 Ricciardo 1m33.546s
6 Hulkenberg 1m33.636s
7 Massa 1m33.759s
8 Perez 1m33.920s
9 Kvyat 1m34.034s
10 Stroll 1m34.090s
11 Sainz 1m34.150s
12 Magnussen 1m34.164s
13 Alonso 1m34.372s
14 Ericsson 1m35.046s
15 Giovinazzi sem tempo

Q1: MAX VERSTAPPEN ELIMINADO
O facto mais importante da primeira fase da qualificação do GP da China de F1 teve a ver com a eliminação de Max Verstappen, que teve problemas com o motor do seu Red Bull. Também eliminados foram Stoffel Vandoorne, Romain Grosjean, Jolyon Palmer e Esteban Ocon. Curiosamente, Antonio Giovinazzi, que bateu a pouco tempo do fim da sessão, foi apurado, mas não irá passar da Q2, porque o seu Sauber ficou muito destruído no acidente, não estando em condições de ser recuperado. Depois de liderar o terceiro treino livre, Sebastian Vettel voltou a ser o mais rápido em pista.

Tempos da Q1

1 Vettel 1m33.078s
2 Hamilton 1m33.333s
3 Raikkonen 1m33.341s
4 Bottas 1m33.684s
5 Stroll 1m33.986s
6 Ricciardo 1m34.041s
7 Massa 1m34.205s
8 Kvyat 1m34.440s
9 Hulkenberg 1m34.453s
10 Alonso 1m34.499s
11 Sainz 1m34.567s
12 Perez 1m34.657s
13 Ericsson 1m34.892s
14 Magnussen 1m34.942s
15 Giovinazzi 1m34.963s
16 Vandoorne 1m35.023s
17 Grosjean 1m35.223s
18 Palmer 1m35.279s
19 Verstappen 1m35.433s
20 Ocon 1m35.496s