Grupo PSA anuncia fim de alguns modelos

Em consequência de um desempenho comercial aquém das expectativas, o Grupo PSA decidiu terminar a produção dos modelos DS 4, DS 4 Crossback e DS 5 a partir do próximo mês de Maio.

Pode ser difícil encontrar uma única razão que explique o insucesso comercial, o mais certo é este resultar de uma série de factores. O DS 4 foi lançado em 2010 e o DS 5 em 2011, ambos sob a insígnia da Citroën, a DS foi constituída como marca própria apenas em 2015 (2012 na China). Alguns referem esta indiferenciação inicial em relação à Citroën como um dos principais factores que contribuíram para um desempenho comercial aquém do esperado. Em 2016, o DS 4 recebeu uma versão crossover denominada Crossback, mas não foi suficiente para inverter a situação.

O DS 5 assenta na plataforma da geração passada do Citroën C4 Picasso, o que significa uma potencial obsolescência tecnológica em relação a concorrentes de outras marcas, um outro factor que pode ter promovido o seu fim.

Adicionalmente, o construtor francês alocou recursos no desenvolvimento e produção do novo DS 7 Crossback e está actualmente focado no seu lançamento, prevê que o novo SUV seja muito bem recebido nos dois grandes mercados extra-europeus, o chinês e o norte-americano. Esta expectativa positiva também pode ter contribuído para a decisão de colocar um ponto final na produção do DS 4, DS 4 Crossback e DS 5.

Veremos o que a PSA tem reservado para a DS, para já, foi anunciado que o DS 3 Crossback chegará ao mercado dentro de um ano.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.