Jaguar I-Pace será o primeiro a desafiar o Tesla Model X

Com a apresentação da versão de produção em série do I-Pace prevista para março, a Jaguar deverá ser o primeiro construtor premium a lançar um veículo totalmente eléctrico capaz de rivalizar com a Tesla, antecipando-se à Audi e à Porsche.

Sem divulgar mais detalhes, a Jaguar afirmou que o I-Pace, um crossover 100% eléctrico, será lançado em 2018.

A Audi afirmou que revelará o SUV eléctrico e-tron no próximo ano, no entanto a consultora LMC Automotive publicou, com base em informação fornecida pelo Grupo Volkswagen, que o início da produção foi adiado para princípios de 2019. Relativamente ao Porsche Mission E, a mesma consultora acredita que as vendas iniciar-se-ão no fim de 2018, num período posterior ao lançamento do Jaguar I-Pace.

Segundo informação publicada na estreia do protótipo I-Pace em 2016, a versão de produção em série terá uma autonomia superior a 500 km de acordo com o New European Driving Cycle (NEDC). A sua bateria poderá ser recarregada de 0% até 80% num “curto espaço de tempo” utilizando um ponto de recarregamento rápido de 50 kW. O protótipo estava equipado com uma bateria de 90 kW.

A Audi afirmou que o e-tron terá uma autonomia de 500 km proporcionada por uma bateria de 95 kW, a Porsche divulgou que o Mission Etambém terá um alcance de 500 km.

Devido a limitações das fábricas britânicas da Jaguar, o I-Pace será produzido na Áustria pela Magna Steyr. As estimativas da consultora IHS Markit apontam para uma capacidade produtiva de 13.000 unidades por ano. A Jaguar afirmou em Setembro que já tinha 25.000 encomendas confirmadas.

É expectável que a versão final do I-Pace seja apresentada ao público no Salão de Genebra marcado para Março. Segundo o construtor britânico, a versão de produção em série não deverá ser muito diferente do protótipo.

No Reino Unido, o Jaguar I-Pace deverá custar 60.000 libras (68.000 euros), menos 10.000 libras que o Tesla Model X.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.