Kia Picanto GT Cup arranca na Falperra

Foi ontem o ‘Delivery Day’ do Kia Picanto GT Cup, num dia em que as cerca de duas dezenas de pilotos não só puderam testar os carros, mas também ficar a conhecer em pormenor todos os contornos da competição, que vai muito para lá do simples desempenho em pista.

Depois de um cuidadoso processo de desenvolvimento, em que os homens da CRM rodaram cerca de 10.000 Km com o Picanto de ‘desenvolvimento’, chegou o dia em que Circuito do Estoril serviu de palco não só à entrega dos carros aos pilotos e equipas, mas também ouvirem da boca de gente experiente o que fazer para potenciar em termos mediáticos o seu trabalho.

Esta é uma iniciativa que há muito fazia falta em Portugal, pois a seguir ao Karting os jovens deparavam-se com poucas saídas. Na maior parte dos casos, boa parte do plantel do Karting não tem forma de dar o salto para os fórmulas no estrangeiro, sendo que em Portugal as alternativas escasseiam nas pistas.

Isso deixa de acontecer com este Kia Picanto GT Cup, pois permite aos jovens pilotos, a custos muito controlados, poderem dar o salto, para uma competição que vai servir de trampolim para outros possíveis voos.

Tal como foi dito na apresentação, por parte dos responsáveis pela competição, o objetivo final para muitos até pode ser a F1, mas como hoje em dia bem se sabe, há muita (e boa) vida para lá da F1, e o Kia Picanto GT Cup pode revelar-se um bom degrau nessa ‘escadaria’.

Para este troféu foi estabelecido como objetivo a construção de um carro de corridas “fiável, com custos de manutenção e operacionalidade reduzidos”, mas que pudesse assumir-se, igualmente, como base para “a projeção de novos valores” e, inclusive, “o relançamento da carreira de pilotos mais experientes”, o diretor-geral da Kia Portugal, João Seabra, congratula todos os parceiros que, “desde o primeiro momento, acreditaram num projeto que volta a demonstrar o enorme compromisso da Kia” com o desporto motorizado português: “Depois de quase dez anos à frente do projeto Super Seven by Kia — cujo sucesso superou largamente as nossas expectativas —, o Kia Picanto GT Cup surge numa fase em que a marca conta com a gama mais completa da sua história e alia à imagem desportiva que lhe é reconhecida uma qualidade de construção, equipamentos e conteúdos transversal a todos os segmentos em que se encontra presente”.
Para João Seabra, “esta correspondência direta entre o Troféu e um modelo basilar da Kia num dos segmentos mais disputados do mercado é o passo natural na evolução estratégica da marca, sendo sustentada no contínuo crescimento das nossas vendas no mercado automóvel nacional.”

PLENO EM ATIVIDADES
Além da entrega oficial das 16 unidades que, até ao momento, têm lugar assegurado no primeiro ano do campeonato, o “Delivery Day” do Kia Picanto GT Cup contou com um extenso rol de atividades dentro e fora da pista.

O programa delineado teve como objetivo permitir aos pilotos o seu primeiro contacto ‘a sério’ com a nova viatura, cuja versão de competição assenta na versão GT Line e no motor 1.0 Turbo do Kia Picanto. Mas igualmente dotar-lhes das ferramentas necessárias para melhor comunicarem os seus projetos, promovendo a sua imagem, e consequentemente a do Troféu.

Inovador no calendário (combina rampas com circuitos), formato (assegura a presença simultânea em pista dos pilotos das categorias Júnior e Pro) e conteúdo (além do seu desempenho ao volante, a comunicação pode influenciar, de forma decisiva, a classificação final das equipas e pilotos), a Organização do Kia Picanto GT Cup considerou ser fundamental a existência de uma ação de formação que, além de explicar o regulamento desportivo, colocasse em evidência os requisitos de uma boa estratégia de comunicação.

Com o objetivo de ajudá-los a obterem a pontuação extra máxima disponível ao longo de cada semana de competição e amplificar a sua exposição mediática, os pilotos do Kia Picanto GT Cup receberam uma aula ministrada pelos jornalistas Rui Pelejão, Bernardo Gonzalez e Luís Guilherme, figuras bem conhecidas dos entusiastas pelas publicações ligadas ao automóvel e automobilismo. Depois, seguiu-se a intervenção do decano Manuel Gião, piloto que, neste ano de 2018, cumpre 35 anos de carreira como profissional. Especialista no manuseamento de câmaras digitais — fundamentais, nos dias de hoje, para a comunicação de qualquer piloto, e entregues a estes no momento em que receberam as suas viaturas —, Rui Marques, responsável pela Action Media, concluiu a sessão.

“Da teoria à prática, ninguém melhor do que o Manel para revelar aos pilotos do Kia Picanto GT Cup a melhor forma de poderem singrar no competitivo mundo automobilismo e assegurarem, para si, uma sólida carreira sustentada na entrega, responsabilidade e profissionalismo que o caracterizam”, revela Tiago Raposo Magalhães.

Um desígnio, acrescenta, “cada vez mais assente na imagem que deixam transparecer para o exterior e no trabalho conduzido nas redes sociais com recurso a imagens e vídeos de qualidade, cujos segredos de operacionalidade foram exemplarmente dissecados pelo Rui Marques. Acredito, genuinamente, que o resultado acabou por ser uma grande mais-valia para todos os pilotos e que estes estão agora melhor preparados para lutarem pelo prolongamento das suas carreiras, um dos grandes objetivos do Kia Picanto GT Cup: formar talentos e dar-lhes as ferramentas necessárias para poderem continuar o seu percurso no desporto que amam”.

Foi com base nessa premissa que a Kia Portugal e a CRM Motorsport promoveram, também, a iniciativa “Kia Racing Opportunity”, preparando-se para selecionar entre esta segunda e terça-feira dois jovens talentos que, a custo zero, irão poder realizar o sonho de se tornarem pilotos de competição na temporada inaugural do Kia Picanto GT Cup.

Finalizadas as provas de seleção, os eleitos irão juntar-se à restante comitiva rumo à Rampa da Falperra, prova de abertura do Troféu, com data marcada para o fim-de-semana de 12 e 13 de Maio.

“Não poderíamos ter escolhido uma forma melhor de iniciar o campeonato. O desafio em torno da Rampa da Falperra é reconhecido por todos, tal como o misticismo à roda da prova. Pontuável para o Campeonato Europeu de Montanha, a enorme afluência da população local, caracterizada pelo seu fervoroso entusiasmo, servirá, certamente, de incentivo para uma grande prestação dos nossos pilotos ao volante do Kia Picanto GT Cup”, conclui João Seabra.

Lista de Inscritos Provisória

Concorrente Team Driver 1/Piloto 2 Classe
7 Manuel Gião CRM Manuel Gião/Pedro Gonçalves Guest
13 Francisco Marrão Speedy Francisco Marrão Pro
15 João Santos João Santos Pro
18 Hugo Marcos Hugo Marcos Pro
27 José Supico José Supico Pro
28 Mariano Pires FE Mariano Pires Júnior
31 Piero dal Maso Guilherme dal Maso/Duarte Botelho Júnior
33 TBA Veloso MotorSport TBA Júnior
44 Paulo Ribeiro CRM Paulo Ribeiro Júnior
55 Nuno Caetano CRM Nuno Caetano Pro
66 TBA CRM TBA Pro
77 TBA CRM TBA Júnior
95 Leonor Espinhal L.E. Leonor Espinhal Júnior
99 Hugo Araújo CRM Hugo Araújo Pro
577 José Madeira José Madeira Pro
ND Francisco Esperto Francisco Esperto Pr

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.