Lewis Hamilton: “Não acho que seja possível bater o recorde de Michael Schumacher”

Lewis Hamilton não acredita que consiga bater os sete títulos mundiais de Michael Schumacher, mas revelou, também, que não é um objetivo. Hamilton venceu o seu quarto título esta temporada, e, em 2018, quer o quinto título, o que o colocaria em igualdade com outro ícone do desporto, Juan Manuel Fangio. “Neste momento, não acho que seja possível bater o Michael. Tinha de conquistar mais quatro títulos… Levei dez anos para conquistar estes quatro que tenho. Também não tenho interesse em bater esse recorde. Mas atingir os títulos de Fangio seria bom. Sendo que vou estar aqui pelo menos mais dois anos, este é o meu objetivo. Quando estiver mais velho e olhar para trás, não acho que a quantidade de títulos vá definir que tipo de piloto eu fui ou que tipo de pessoa eu sou. Como eu trabalho com a equipa, como eu piloto o carro e tento sempre extrair o máximo, acho que é isso que sinto e é o que me define. Quando eu era jovem, pensava que já teria uma família com 28 anos. Mas quando cheguei a essa idade, era tudo diferente. É difícil dizer que nunca vou fazer isso ou aquilo”, disse o piloto da Mercedes.