Lewis Hamilton: “Não há desculpa para que a F2 seja melhor que a F1”

Lewis Hamilton esteve presente na festa do BRDC, British Racing Drivers Club onde aproveitou para falar das mudanças que estão agora a ser estudadas pela Liberty Media e pela FIA para a F1, e também ele pede motores que façam mais barulho, mas vai mais longe dizendo que algo tem que ser feito para que seja possível os monolugares rodarem mais juntos sem que a turbulência aerodinâmica seja tão acentuada: “Tudo isso visto do ponto de vista de um piloto, é lógico que queremos rodar o mais perto possível dos outros carros, tal como acontece no karting. Acho que os Fórmula 1 deste ano são os melhores de sempre, e penso que o Ross (Brown), o Chase (Carey) e as equipas estão a trabalhar no duro para fazerem com que os carros de 2021 sejam ainda melhores. O que eu espero é que sejam mais ruidosos. Penso que também podemos ter pneus maiores. Porque é que no tempo do Jackie Stewart eles tinham pneus muito maiores que agora? Penso que com menos aerodinâmica, poderíamos andar mais juntos. No fundo o que penso é que não há qualquer razão para que na F2 seja possível haver melhores corridas que na F1, apesar de andarmos mais depressa. Acho que a Fórmula 1 tem a capacidade de ser tão grande quanto o futebol ou a NFL americana, e ainda bem que o Chase (Carey) e a Liberty (Media) trouxeram coisa novas este ano enquanto aprendem mais sobre o desporto e o que os adeptos querem”