Montalegre RX: Ekstrom vence dura luta com Loeb

O Campeão do Mundo de Rallycross, Mattias Ekstrom assegurou em Portugal a segunda vitória do ano, desta feita em Montalegre, depois de uma fabulosa luta com Sébastien Loeb que vendeu muito cara a derrota face ao piloto da Audi.

Antes, Mattias Ekstrom e Petter Solberg venceram as ‘suas’ meias-finais e com isso ganharam o direito de arrancar da primeira fila para a final, mas enquanto o norueguês fez o percurso normal, Ekstrom por sua vez fez logo a joker lap. Johan Kristoffersson, seguiu o seu colega de equipa na volta ‘normal’, assim, como Reinis Nitiss. Kristoffersson estava a pressionar Solberg até o norueguês ter um furo, atrasando-se.

O sueco assumiu assim a liderança, seguido de Nitiss, Ekstrom passou para terceiro e Solberg era quarto. Mais atrás seguiam os Peugeot-Hansen de Sébastien Loeb e Timmy Hansen, que fizeram a joker lap logo a início. Nitiss fez a sua joker lap na volta 5 e voltou à pista no quinto lugar. O líder fez a sua joker lap na última volta e voltou no terceiro posto. Mais à frente estava Ekstrom no seu Audi a ser pressionado pelo Peugeot de Loeb, mas o francês não conseguiu arranjar forma de ultrapassar, ainda que a manobra não tenha estado muito longe de acontecer, mas Loeb no final revelou que “não quis ser injusto com Ekstrom”, Um Senhor! Ekstrom ganhou e tem agora 14 pontos de vantagem no campeonato.

“Devo dizer que esta é uma das minhas vitórias mais disputadas no rallycross. Nós não estávamos realmente no ritmo, especialmente como o Johan (Kristoffersson) neste fim de semana. Também Seb (Loeb) e os Peugeot foram muito rápidos”, disse Ekstrom.

“Sabíamos que isso seria difícil, decidimos tentar fazer nosso próprio trabalho e ver o que acontecia no final. Estou super feliz por mim, porque é sempre bom vencer, mas como proprietário da equipa ter todos os três carros nas meias-finais é realmente agradável. Foi uma luta muito agradável (com Loeb) e ver tantos carros juntos, é uma ótima maneira de vencer uma corrida quando a competição é tão difícil”, terminou o vencedor. Loeb foi segundo, Kristofferson, terceiro, Hansen foi quarto, Nitiss quinto e Solberg sexto, tendo completado a corrida com o Polo a rodar sobre a jante traseira esquerda.

a carregar vídeo

Rodrigo Fernandes/Autosport