Rali da Córsega: Afinal havia outro

Bastaram dois troços de hoje para Thierry Neuville ter transformado um atraso de 25.8s – com que terminou o dia de ontem atrás do líder, Kris Meeke – numa margem de apenas 1.5s de atraso, com os três primeiros classificados do Rali da Córsega a estarem agora separado por apenas 9.7s. Depois de um domínio repartido de Kris Meeke e Sébastien Ogier no dia de ontem, hoje, Thierry Neuville acertou em cheio nas afinações do seu Hyundai i20 WRC e ao cabo de dois troços já só lhe falta recuperar 1.5s para Kris Meeke, que perdeu 15.5s e pode estar com problemas, já que o motor do seu C3 WRC chegou ao final do troço a deitar fumo, uma situação a acompanhar. Pode não ser nada de especial, mas pode também ser grave, e os 15.5s de margem para Neuville podem ter aqui toda a sua explicação…

O belga venceu a sexta especial 2.2s na frente do seu colega de equipa na Hyundai, Dani Sordo, o que prova que o andamento não é só do piloto, mas muito do carro, até porque Hayden Paddon, que já disse que o asfalto não é a sua praia, ‘fez’ quarto, apenas a 4.6s do seu colaga de equipa e bem na frente de Sébastien Ogier, que perdeu 8.8s e o segundo lugar para Neuville: “Não sou rápido o suficiente e não sei explicar porquê. Não estava com o feeling de estar a ser tão mau…”

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.