Rali da Córsega promete ser um duelo a dois

Kris Meeke venceu a última especial de hoje, batendo Sébastien Ogier por 2.2s, chegando desta forma ao final do primeiro dia de rali na frente, com um avanço de 10.3s face ao francês da M-Sport.

O piloto da Citroën Racing venceu três dos quatro troços do dia de hoje, e o que perdeu foi por uma margem mínima. Thierry Neuville foi novamente terceiro, a 3.2s de Meeke, e termina o dia na mesma posição da geral, a 25.8s do líder, num lugar em que, em andamento puro, já não lhe deverá ser possível recuperar, a não ser que o seu andamento mude muito no dia de amanhã.

Portanto é deste trio (mais do duo da frente que outra coisa qualquer) que deverá sair o vencedor deste rali. A maior probabilidade é que exista pela primeira vez este ano uma repetição de um vencedor, a não ser que finalmente a Hyundai e Neuville voltem às prestações que tiveram nas duas primeiras provas, mas claro, sem os desfechos da altura. Mais atrás, no quarto lugar está Craig Breen, com uma magnífico quarto lugar. O piloto da Citroën começou o dia em sexto e desde aí foi sempre a subir, aproveitando bem as segundas passagens para subir dois lugares na geral. Não está muito perto do pódio, mas está a realizar um dos seus melhores ralis de sempre, ao nível do que fez na Finlândia o ano passado.

Tempos Online – CLIQUE AQUI

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.