F1-Testes de Barcelona/Dia 2: Vettel encerra segundo dia no topo da tabela

Foi um dia calmo no Circuito da Catalunha. O mau tempo continuou a fazer -se sentir por aqueles lados e as equipas de F1 não tiveram vida fácil para levar adiante os seus programas. O dia começou frio, com alguma neve, que tornou os asfalto da pista demasiado frio e escorregadio para as máquinas do grande circo.

Os carros foram saindo para a pista mas em ritmo lento e apenas para voltas de instalação. Entretanto já tinha sido notícia que a Martini não iria renovar o vinculo com a Williams. Enquanto as temperaturas não subiam, os pilotos iam cumprindo voltas únicas à pista ou em ritmo lento, com as grelhas aerodinâmicas montadas. A primeira parte da sessão de hoje foi dedicada recolher dados para comparar as informações obtidas nos túneis de vento das equipas e assim validar as simulações.

A meio da manhã, Sirotkin era o piloto com mais voltas dadas… 17 no total, contra 16 de Bottas e 9 de Leclerc. Vandoorne era o homem mais rápido com 1:20.325 no cronómetro.

Por volta das 12 e 30 a primeira bandeira vermelha do dia, com Leclerc a ficar parado em pista, mas nada de muito grave pois a equipa resolveu depressa o problema causado pela saída de pista do jovem piloto, que voltou a sair para a pista algum tempo depois.

Entretanto as equipas que tinham agendado usar dois pilotos mudaram de estratégia e mantiveram os homens da manhã, para poupar tempo. A Williams no entanto manteve-se fiel ao plano traçado e colocou Kubica em pista. A hora de almoço foi suprimida de forma a poder rentabilizar mais o tempo e falou-se até em prolongar esta semana de testes em mais um dia ou até adicionar um dia à semana seguinte. Nada decidido no entanto.

Os tempos começaram e baixar e Vettel evidenciou-se como o piloto em destaque. Ainda apanhou um susto com uma saída de pista, que obrigou à mostragem de bandeiras vermelhas para limpeza da pista, mas conseguiu colocar o seu Ferrari no primeiro lugar da tabela.

Kubica mostrava serviço e fazia o melhor tempo da Williams nestes testes e Vettel conseguia baixar ainda mais a sua marca que ficou nos 1m19.673s. Verstappen também mostrava bom andamento depois de ter ficado a manhã toda quase sem ir para a pista, com uma fuga de combustível no seu monolugar, que a equipa teve de resolver.

Entretanto a McLaren não saia para a pista. Um problema no sistema de escape obrigou a equipa a reparações mais demoradas e não se viu o MCL33 durante a tarde.

A neve resolveu aparecer na última hora da sessão de hoje, embora alguns pilotos tenham dado voltas ao traçado catalão. Os monolugares saíram equipados com os pneus intermédios e como tal a tabela de tempos não iria sofrer grandes alterações.

No final do dia, Vettel acabou com o melhor tempo e com mais voltas percorridas. Eis os resultados de hoje:

1. Sebastian Vettel, Ferrari, 98 Voltas, Macios – 1:19.673;
2. Valtteri Bottas, Mercedes, 94 Voltas, Médios- 1:19.976;
3. Stoffel Vandoorne, McLaren, 37 Voltas, Hiper-macios – 1:20.325;
4. Max Verstappen, Red Bull, 67 Voltas, Médios – 1:20.326;
5. Carlos Sainz, Renault, 65 Voltas, Macios – 1:21.212;
6. Pierre Gasly, Toro Rosso, 80 Voltas, Macios – 1:21.318;
7. Robert Kubica, Williams, 42 Voltas, Macios – 1:21.495;
9. Sergey Sirotkin, Williams, 52 Voltas, Macios – 1:21.822;
10. Esteban Ocon, Force India, 79 Voltas, Macios – 1:22.850;
11. Charles Leclerc, Sauber, 81 Voltas, Macios – 1:22.721; 1
12 Kevin Magnussen, Haas, 32 Voltas, Macios – 1:22.727;

Amanhã está prevista queda de neve à hora de início dos trabalhos. Deverá ser mais um arranque lento dos trabalhos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.