Testes de F1: Kimi Raikkonen e Ferrari terminam testes na frente

Kimi Raikkonen foi o mais rápido no último dia de testes de Fórmula 1 que se realizaram em Barcelona, terminando as duas semanas de testes com o melhor registo da pré-época. Hoje, tanto a McLaren como a Renault recuperaram algum do tempo perdido, mas terminam os testes com muitas indefinições.

O registo feito pelo finlandês da Ferrari na parte da manhã, 1m17.221s, com pneus híper macios, não foi sequer ameaçado na parte da tarde, ainda que nos últimos minutos da sessão a ordem tenha mexido um pouco devido a ‘esforços’ finais por parte de alguns pilotos e equipas.

Hoje foi dia de problemas para a Renault e McLaren, com Carlos Sainz a ter ‘gremlins’ na caixa de velocidades do RS18, chegando ao terceiro lugar da geral já perto do fim do dia com pneus híper macios.

No segundo lugar ficou colocado Fernando Alonso, com a McLaren a ser novamente incomodada por um problema mecânico, no caso o turbo, que levou a equipa a perder cerca de cinco horas nas boxes. Pelo meio, chegou a passar pelo topo da tabela de tempos, mas o seu registo foi apagado porque o espanhol cortou demasiado uma chicane.

Daniel Ricciardo foi quarto com o seu Red Bull, terminando o dia a 1.106s de Raikkonen, mas com pneus super macios, que como se sabe estão longe da aderência dos híper macios com que os três homens da frente realizaram os seus cronos. Romain Grosjean (Haas) foi quinto na tabela de tempos e quem mais rodou, 181 voltas, quase mais vinte que o segundo ‘melhor’, Esteban Ocon.

Contudo, a Mercedes, nesse particular, ‘arrasou’. Valtteri Bottas rodou de tarde, Lewis Hamilton tinha-o feito de manhã com a Mercedes, sendo que o finlandês foi sexto, mas no caso dos homens de Brackley o que surpreendeu foi o que os dois pilotos rodaram, 201 voltas, Bottas, 104, Hamilton, 97. Sintomático.

A Toro Rosso, apesar de rodar muito, está também a dar sinais de alguma rapidez, e a Force India tem andado mais longe do segundo pelotão do que o que seria de esperar. A Williams está longe da frente, com os seus dois carros a ficarem inclusivamente atrás do Sauber de Charles Leclerc. Sergey Sirotkin (Williams) completou o top 10, tendo passado o carro a Lance Stroll para a parte da tarde.

Já se sabe que é do dia de hoje o melhor registo dos testes, mas há muito mais para analisar depois do final da pré-época de F1.

Pos Piloto Equipa Tempo Dif. Voltas
1 Raikkonen Ferrari 1m17.221s
2 Alonso McLaren 1m17.784s +0.563
3 Sainz Renault 1m18.092s +0.871
4 Ricciardo Red Bull 1m18.327s +1.106
5 Grosjean Haas 1m18.412s +1.191
6 Bottas Mercedes 1m18.825s +1.604
7 Hartley Toro Rosso 1m18.949s +1.728
8 Ocon Force India 1m18.967s +1.746
9 Leclerc Sauber 1m19.118s +1.897
10 Sirotkin Williams 1m19.189s +1.968
11 Hamilton Mercedes 1m19.464s +2.243
12 Stroll Williams 1m19.954s +2.733

Tabela de voltas

Grosjean Haas 181
Ocon Force India 163
Raikkonen Ferrari 157
Hartley Toro Rosso 156
Sirotkin Williams 105
Bottas Mercedes 104
Hamilton Mercedes 97
Alonso McLaren 93
Ricciardo Red Bull 92
Leclerc Sauber 75
Sainz Renault 45
Stroll Williams 27