Motor V12 e caixa manual no regresso da TWR aos desportivos

01/05/2024

A britânica TWR (Tom Walkinshaw Racing) relançou-se na indústria automóvel como firma especializada na produção de exclusivos projetos de restomod.

 

O mais recente utiliza a base rolante do Jaguar XJS, com um motor V12 a gasolina, em edição limitada a apenas 88 exemplares, com um preço unitário acima dos 250 mil euros.

Sob a denominação Supercat, esta versão extrema do clássico da marca do felino tem carroçaria integralmente em fibra de carbono, desenhada pelo artista digital Khyzyl Saleem, em estreita colaboração com Magnus Walker, elemento recente na equipa de desenvolvimento da TWR. Entre os elementos mais vistosos, destaque para o para-choques dianteiro com enormes entradas de ar e o capot ventilado, com aileron e spoiler traseiro a lembrarem os carros de competição das décadas de 80 e 90. A completar o cenário desportivo, enormes jantes com desenho aerodinâmico.

Não existem ainda imagens do interior, mas são conhecidas já algumas especificações técnicas, nomeadamente o rendimento do motor sobrealimentado que produzirá mais de 600 CV de potência, associado a uma caixa de velocidades manual e com tração às rodas posteriores.