Eu e o meu Porsche 911 ‘991’ GT3 MkI

No sétimo e último capítulo dedicado à paixão e as histórias que ligam os entusiastas da Porsche aos seus modelos de eleição, falamos com Carlos Sena Brízido, médico cardiologista com 60 anos de idade.

Qual a primeira recordação que tem da Porsche?
As primeiras vitórias em ralis com o 911.

Quando decidiu que ia ter um Porsche?
Sendo uma paixão de longa data, a ocasião veio nos fins dos anos 80, quando entendi possível esse passo.

Qual foi o seu primeiro automóvel da marca?
Um 993 Carrera 4, vermelho.

Qual ou quais os Porsche que tem actualmente?
Por ordem de idades – 912 de 68, 911 ST 2.5 Kremer e 911 3.0 RS (ambos recriação para provas ), 911 ‘964’ Carrera 2 Cabriolet, 911 ‘997’ Carrera 4S e 911 ‘991’ GT3 MK1.

Qual o seu Porsche antigo preferido?
Em termos de desporto, o icónico Porsche 917, em qualquer das suas versões.

Qual o modelo actual que mais gostava de ter?
Dos carros de produção, sem dúvida o Carrera GT é fabuloso e o meu preferido.

Conte-nos um segredo ou uma história engraçada consigo e o seu Porsche…
É por todos os meus amigos sabido que para mim os desportivos têm de ter côr, como nos anos 70, nada de preto c/ preto, azulinho escuro ou prata… Por essa razão, todos os meus carros têm essa definição – vermelho, amarelo, verde, azul/laranja…
Esta história aconteceu há cerca de 10 anos atrás, durante um dos eventos do Clube Porsche, no litoral alentejano, em que parámos a caravana para almoçar na zona de S.Torpes.
No parque ocupado em exclusivo, alinhavam-se garbosamente cerca de 45 carrinhos nos seus pretos, azuis, cinzas metalizados! E no meio deles, o meu 4S, vermelho vivo.
No fim do almoço, preparando para continuar o passeio, eis que um jovem casal passa lentamente no seu Fiat Uno, em total apreciação das máquinas expostas e de repente, a condutora pára em frente ao meu carro e exclama para o namorado: olha, olha, um Ferrari!
E assim perante a gargalhada generalizada dos meus amigos, que assistiram à cena, fui rapidamente baptizado como “o tipo do Ferrari”…

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.