E se Lewis Hamilton corresse no MotoGP?

Lewis Hamilton elogiou a decisão de Fernando Alonso em participar nas Indy 500. O piloto da Mercedes disse ainda que os pilotos deviam ter mais liberdade para participar em mais que uma competição, tal como sucedia no passado: “Acho que é ótimo que um piloto possa fazer isso. Acho que nós deveríamos ser capazes de disputar mais do que uma categoria, de vez em quando. No passado existiam pilotos que faziam vários campeonatos. Acho que é muito bom ele poder fazer isso”, disse Hamilton que revelou sonhar um dia fazer uma prova do MotoGP, mas também disse logo que nunca trocaria um Grande Prémio de Fórmula 1 por um de MotoGP.

“Eu não perderia nenhuma corrida na F1, definitivamente continuaria a fazer todas as corridas”, garantiu. “Mas gostaria de participar numa corrida do MotoGP e provavelmente numa corrida da NASCAR, talvez as 500 Milhas de Daytona”, completou.

No passado, tal como Lewis Hamilton referiu, havia grande intercâmbio de pilotos em competições, mas com o passar dos anos isso foi-se esbatendo, e são cada vez menos os casos. Mais recentemente, Valentino Rossi chegou a participar em vários ralis do WRC, Nico Hulkenberg participou – e ganhou – as 24 Horas de Le Mans, mas as questões contratuais dos pilotos são um grande óbice. Mas que para os adeptos é interessante, ninguém duvide. Apesar de se saber que esta ‘operação’ é mais para “adoçar a boca” que outra coisa qualquer – e isso não tem mal absolutamente nenhum – a verdade é que as questões contratuais hoje em dia, tornam quase impossível haver mais situações assim.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.