Matrículas digitais já circulam

a carregar vídeo

O objetivo não é poder trocar a identificação para evitar ser caçado em infrações. A matrícula digital está pensada para poder mudar o visual, demonstrar o seu apoio a determinadas causas, passar mensagens de emergência e até lucrar quando o automóvel está parado.

A empresa ‘Reviver Auto’ está a lançar uma nova matrícula digital RPlate Pro, devendo colocar já 100.000 destas placas nas estradas da Califórnia ainda em 2018. Isto significa que uma das partes mais “antiquadas” do carro pode também ser trazida para a modernidade, deixando de ser apenas uma simples chapa de metal com números e letras. Ele conta com um sistema de conetividade incorporado, o que permite alterar o visual, mas está pensado para que não seja possível alterar o código que identifica cada automóvel.

Como as fotos e o vídeo mostram, será possível passar a expressar através do carro mensagens pessoais, como o apoio a determinadas causas. Mas outra vantagem está na passagem de informações importantes, como alertas de perigos nas estradas ou catástrofes naturais, e até avisar todos os que se cruzam com um automóvel de que ele foi furtado. E até pode transformar o automóvel numa fonte de rendimento, exibindo publicidades quando o carro está parado. E tudo isto será mais fácil de ler pelos outros condutores e até peões, já que outro benefício apontado é a maior visibilidade.

Outra vantagem reside na possibilidade de fazer a renovação instantânea da licença (algo que não se aplica a Portugal, mas é uma realidade em outros países), tornando este processo mais cómodo. Esta matrícula digital foi exposta ao público durante o Salão de Detroit, e para a sua introdução no mercado a Reviver Auto conta com o apoio do maior concessionário da Ford em todo o mundo, localizado na Califórnia. E a empresa aponta já à expansão para outros estados americanos, pois está já em testes no Arizona e em fase de legalização no Texas e Florida. Esta matrícula digital pode, sem dúvida, ajudar a trazer para a modernidade a intemporal chapa de metal de identificação para automóveis, mas apenas se for capaz de se manter afastada dos hackers.