BMW K 1600 Grand America: Inspirada nas estradas do continente americano

Com o objectivo claro e declarado na apresentação realizada em Milão, a nova K 1600 Grand America foi concebida especialmente para o mercado americano e para fazer frente às suas grandes rivais, as cruisers bi-cilíndricas norte-americanas, mas sobretudo para se bater, dizem, com a nova Honda GoldWing, esta última também apresentada no Salão de Milão.

Com uma aposta reforçada no conforto da Grand America, a nova BMW K 1600 mantém o seu característico seis cilindros que debita 160cv às 7.750 rpm e atinge um binário máximo de 175Nm às 5.250 rpm.

Na versão Grand America a BMW limitou intencionalmente a velocidade máxima da sua K1600 a cerca de 160Km/h , dentro de um espírito que denominaram como “The American Way of Riding”…

Inclui suspensões assistidas electronicamente e marcha atrás de origem. A função Dynamic ESA da BMW permite selecionar duas opções: uma ROAD e outra CRUISE. A primeira regula automaticamente toda a intervenção das suspensões adaptando-se à condução, ao peso e ao estado da estrada. O modo CRUISE parece ter o objectivo de proporcionar uma condução semelhante às das grandes cruisers americanas de motores bi-cilíndricos em V.

A BMW K 1600 Grand America inclui ainda barras de proteção laterais, punhos aquecidos, bancos aquecidos, um sistema especial audio com bluetooth e um pára-brisas mais alto do que o habitual ao melhor estilo cruiser americana.

No fundo trata-se de uma versão da BMW K 1600 B vestida ao estilo cruiser americana com top case e posição de condução com os pés mais para a frente.

Nota final para a cor da versão apresentada em Milão: “GOLD” mas neste caso sem “asas” até considerando que a velocidade máxima foi propositadamente reduzida. Preços e disponibilidade para o mercado europeu não se sabe de momento.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.