Moto3, França: Vitória cai do céu a Albert Arenas

Jorge Martin arrancou bem, tirando partido da sua pole position e ganhou desde logo alguns metros de distância para o restante pelotão liderado Jakob Kornfeil.

No entanto em Moto3 nada permanece inalterado por muito tempo e na 2ª volta já ambos os pilotos da frente trocavam posições.

Marco Bezzecchi, em terceiro, aproximou-se do duo da frente e atrás de si Fabio Di Giannantonio fazia o mesmo.

O pelotão voltava a estar perfeitamente cerrado com Bezzecchi a liderar agora com Di Giannantonio em 2º e Martin em 3º.

Ao final de 4 voltas um grupo de 6 pilotos ganhou alguma distância dos restantes e era aqui que tudo se prometia resolver, com insistentes trocas de posição.

A 15 voltas do final, era a seguinte a classificação:

1ºBezzecchi / 2ºMartin / 3º Di Giannantonio /4ºBastianini / 5ºKornfeil distanciados cerca de 15 metros de outro grupo liderado por Antonelli.

Este grupo manteve-se compacto e em luta durante algumas voltas, com Martin a reassumir o comando e a perdê-lo novamente 2 curvas depois.

A 10 voltas do final os grupos estavam de novo muito próximos, agora com uma fila bastante consistente de 10 pilotos.

Na frente as posições eram as mesmas de 5 voltas antes.

1ºBezzecchi / 2ºMartin / 3º Di Giannantonio /4ºBastianini / 5ºKornfeil

Jorge Martin recupera a liderança a 8 voltas do final mas Bezzecchi responde a fazer prever luta intensa até ao final.

Bastianini entretanto consegue subir á 3ª posição por troca com Di Giannantonio.

A 5 voltas do final Bezzecchi faz um erro e Jorge Martin salta para a liderança mas perde-a logo a seguir.

Tudo em aberto para as ultimas 4 voltas com o grupo da frente composto por 9 pilotos todos colados uns nos outros.

A 3 voltas do fim intensificam-se as trocas de posição com Martin de novo na frente mas por pouco tempo.

Bezzecchi não quer mesmo perder a corrida mas não consegue distanciar-se e as trocas de posição continuam.

Na ultima volta Bastianini cai e Korfeil passa-lhe por cima dando um enorme salto sem no entanto cair e o grupo fica partido, ficando 3 pilotos agora isolados na frente sendo 1ºBezzecchi / 2ºMartin / 3º Di Giannantonio

Última volta de loucos com Di Giantonnio a passar para a frente e Jorge Martin e Bezzecchi a tocarem-se e a caírem, perdendo tudo o que haviam construído ao longo de toda a corrida.

Surpresa total como só as corridas de Moto3 proporcionam este resultado inesperado com Fabio Di Giannantonio a obter a sua primeira vitoria. Mas não afinal não, Fabio Di Giannantonio é penalizado em 3s (por ter atalhado caminho numa das curvas) e forçado a deixar a vitoria a Alberto Arenas. Uma corrida imprópria para cardíacos!

Classificação final:

1ºAlberto Arenas/ 2ºAndrea Migno /3º Niccolo Antonelli