MotoGP – Max Biaggi: “Para mim as motos acabaram”

Pouco mais de um mês depois de ter sofrido um terrível acidente enquanto praticava supermoto, em Roma, e que resultou na fratura da clavícula direita, 11 costelas e um pneumotórax, Max Biaggi anunciou que vai deixar em definitivo a competição de duas rodas.

“A vida deu-me uma segunda oportunidade e devo fazer de tudo para agradecer essa oportunidade. Para mim as motos acabaram para sempre. De agora em diante vou me dedicar à formação”, garantiu o transalpino.

A recuperar de um momento muito difícil Biaggi não deixou ainda de agradecer todo o apoio prestado pela sua companheira, Bianca Atzei.

“Devo muito à minha companheira. Esteve 15 horas consecutivas a cuidar de mim. As palavras não são suficientes para agradecer o que fez por mim. Não acredito no casamento, mas quero ter um filho com a Bianca. Talvez até dois”, confessou o antigo campeão mundial da categoria de 250cc.