As camionetas da BMW (sim, existem)

Sorriu ao ver da pick-up Mercedes? Acha que é um trunfo para a BMW na guerra “premium” ? Saiba que as encomendas firmes da Classe X estão a superar todas as expetativas. E o que acha do facto de a BMW ter “ideias” bem claras no mesmo sentido desde… 1986? Pois é!

Com base na Nissan Navara, a Mercedes desenvolveu uma pick-up que deve ser lançada no final deste ano. Parecia uma ousadia despropositada (como se a Mercedes desse ponto sem nó), mas sabe-se agora que a Classe X está a registar um entusiasmo tal que, nalguns países, a marca germânica foi forçada a criar um site específico para este modelo, para satisfazer a curiosidade e, sabe-se já, dar resposta às encomendas.

A Mercedes cala, assim, aqueles que ao conhecerem o projeto não tardaram a inundar os fóruns com graças de toda a espécie, indo mesmo ao ponto de assegurar que tal será um erro capaz de penalizar a imagem premium da marca da estrela, com vantagens para a arqui-rival BMW.

Vale a pena recordar as primeiras palavras dos responsáveis pelo projeto que davam conta de que este passo da Mercedes tinha sido muito bem ponderado, sendo como que uma resposta a uma oportunidade que existe no mercado. O tempo dirá se é ou não assim.

O que o tempo confirmou já é que… pela boca morre o peixe. Basta ter memória e estar atento para descobrir que em Munique o entusiasmo pelas Pick up não é menor e não é de hoje. Já em 1986, na verdade, quem visitava a Motorsport não deiva de se surpreender com uma Pick-up construida a partir do M3 da série E30 que por ali se movimentava com grande naturalidade. “Fizemos esse carro porque precisávamos de algo assim… e em perfeitas condições” – recorda Jakob Polschak, responsável pela divisão M da BMW. Construida a partir de um BMW M3 Cabriolet, a pick começou por ter montado um motor de 2.0 litros com 192 CV que mais tarde evolui para um 2.3 litros, de 200 CV.

Mais do que a capacidade para realizar umas quantas entregas (muito) rápidas, tratava-se de um veículo ao qual os engenheiros se referiam com visível orgulho… mesmo que nunca tenham conseguido convencer a direção relativamente a uma eventual produção em série.

Depois de mais de duas décadas de bons serviços a Pick up com base no E30 era posta de parte mas… a ideia permaneceu. De tal maneira que um grupo de engenheiros da divisão desportiva decidiu voltar ao tema. Primeiro com o intuito de lançar uma piada de 1 de abril via internet mas… mas a verdade é que ela lá está.

Mais uma vez o ponto de partida é a versão cabriolet mas, apesar dos necessários reforços estruturais, com vista a poder transportar até 450 kg de carga, é sintomático verificar que a Pick-up é mesmo 50 Kg mais leve do que o carro.

Debaixo do capot foi colocado o poderoso V8 de 4.0 litros preparado pela divisão M, com 420 CV de potência, permitindo, assim, uma velocidade máxima de 240 km/h.

Mais uma vez, a passagem à produção não foi ponderada mas… e se a Mercedes X for bem sucedida?

Júlio Santos/Turbo

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.