BMW aceita devoluções de novos carros Diesel na Alemanha

As anunciadas restrições de circulação de automóveis a gasóleo em certas zonas de cidades alemãs levou a que a BMW encontrasse uma solução: aceitar a devolução de carros Diesel adquiridos em leasing. Para tal, foi lançado o projeto ‘Diesel return promise’.

Será lançada esta semana a medida que a BMW encontrou para acalmar toda a polémica em relação às viaturas a gasóleo. Para os clientes tenham contrato em sistema de leasing de um automóvel Diesel novo e que habitem em zonas próximas até 100 quilómetros de cidades que anunciaram restrições de circulação destes carros, a marca da Baviera aceita a devolução. É o projeto ‘Diesel return promise’.

Mesmo tendo em consideração que as viaturas mais recentes não estarão sujeitas a um escrutínio tão apertado – uma vez que, à partida, não poluem tanto quanto as mais antigas – a BMW opta por ser proativa perante este tema. A marca espera, desta forma, “fortalecer a confiança dos seus clientes com a possibilidade flexível de troca de veículos”.

“Os nossos veículos Diesel estão ajustados ao futuro”, referiu Peter van Binsbergen, responsável do departamento de Marketing e Vendas da BMW. “O motor Diesel é uma das mais eficientes soluções instaladas atualmente nos veículos, sendo também muito limpos graças ao complexo sistema de tratamento de gases do escape”, assegura o responsável.

Leia também: Alemanha também vai banir Diesel e gasolina

Além desta medida, a BMW promete um “bónus ambiental” para os proprietários de automóveis Diesel mais antigos que serão afetados por novas restrições. Quem tenha um veículo que cumpra a norma Euro 4 ou inferior pode receber até quase 2,000€ para a compra de um i3, um híbrido PHEV ou de um novo veículo que respeite a norma Euro 6, com emissões de C02 iguais ou inferiores a 130 g/km.