Criado veículo elétrico capaz de flutuar

Quem disse que água e eletricidade nunca se devem juntar? Um antigo empregado da Toyota concebeu um veículo elétrico capaz de flutuar, inspirando-se no sismo seguido de um tsunami que atingiu o Japão em 2011.

A partir das tragédias podem surgir desenvolvimentos. A pensar desta forma, Hideo Tsurumaki, antigo empregado da Toyota, fundou a Fomm Corp e concebeu um veículo elétrico capaz de flutuar, procurando dar uma resposta de mobilidade em situações de emergência como o cenário de devastação resultante do tsunami que atingiu o Japão em 2011.

Hideo Tsurumaki contou à Bloomberg como surgiu esta ideia: ao ver os automóveis a afundarem-se devido ao tsunami, o CEO da Fomm Corp. Lembrou-se da sua mãe, que vive perto do mar e tem dificuldades de locomoção. Pensando em como poderia ajudar em caso de emergência, Tsurumaki imaginou um carro que pudesse flutuar.

Além de conseguir flutuar e até mesmo de atravessar superfícies alagadas a velocidades reduzidas, este modelo é o veículo elétrico com a lotação de quatro lugares mais pequeno do mundo. “Espero ter um à porta de casa”, disse Tsurumaki à Bloomberg, acreditando que “muitos outros provavelmente vão pensar o mesmo”. Em países em que é comum ocorrer inundações, este pode ser um desenvolvimento útil, ainda que a empresa sublinhe que não se trata de um “veículo anfíbio” e que “a mobilidade em água é limitada”.

A autonomia estimada deste citadino é de 160 quilómetros e a velocidade máxima é de 80 km/h. Até a final do ano, a empresa, localizada na Tailândia, espera produzir 10,000 carros até ao final do ano. Evacuar locais e transportar pessoas em caso de emergência poderá ser mais fácil com esta ideia de Hideo Tsurumaki.

Fotografias © Fomm Corp.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.