Ford e Grupo VW criam aliança estratégica para novos produtos

Esta parceria Ford-Grupo Volkswagen irá dar origem a vários projetos conjuntos, que podem permitir o desenvolvimento de veículos comerciais para os dois fabricantes e ainda abrir mais portas para os dois lados em mercados-chave.

A Ford e o Grupo Volkswagen anunciaram que estão a negociar um entendimento que poderá dar origem ao desenvolvimento conjunto de automóveis como parte de diversos projetos partilhados. Este acordo será focado em diferentes áreas, mas destaca-se a possibilidade de desenvolvimento conjunto de veículos comerciais “que sirvam melhor as necessidades dos clientes globais em evolução”, mas também focar-se na abertura de mercados e porventura na partilha de investigações tecnológicas. Fora do acordo fica, ao contrário do que acontece em outras sinergias entre fabricantes, a possibilidade de aquisição de participações accionistas entre as empresas.

Este é efetivamente um “simples” acordo de cooperação, não estando previsto um modelo similar ao da Aliança-Renault-Nissan-Mitsubishi, com grande partilha de ações entre as duas companhias. Ou até, como aconteceu em outros casos, com obtenções de quotas mais “simbólicas” e inferiores a 5% do capital. Ou seja, a parceria Ford-Grupo VW é somente uma forma de “partilhar” custos de desenvolvimento de novos modelos, uma área sempre importante para gerar poupanças, e ainda no posicionamento do mercado. Além da possibilidade de uma plataforma conjunta para veículos comerciais, a cooperação poderá também alargar-se e facilitar o acesso a mercados-chave a nível global, bastando recordar que os germânicos são líderes na Europa e na China enquanto a Oval Azul ainda tem uma presença bastante forte na América do Norte. Em aberto parece estar ainda o desenvolvimento conjunto de novas tecnologias, sendo de referir como primordiais para os fabricantes mundiais as pesquisas referentes a condução autónoma e à eletrificação.

Esta parceria Ford-Grupo VW foi já analisada por parte do responsável de mercados globais do fabricante americano, Jim Farley. Este responsável afirmou que, como parte do empenho da marca em evoluir, está incluída a associação com outras firmas para “trabalhar com parceiros para melhorar a nossa efetividade e eficiência”. Além disso, frisou que “esta potencial aliança com o Grupo VW é outro exemplo de como podermos ficar mais preparados para o negócio, enquanto criamos um portefolio global de produtos vencedor e alargamos as nossas capacidades”.

Da parte dos germânicos, foi o responsável de estratégia, Thomas Sedran, a abordar esta parceria Ford-Grupo VW. Ele recordou que “os desejos dos mercados e os consumidores estão a mudar a uma velocidade incrível, Para nos adaptarmos a um ambiente desafiante, é da maior importância ganhar flexibilidade através de alianças. Este é um elemento-chave da Strategy 2025 do Grupo VW”.