Hackers podem ter acesso a milhões de automóveis

A Wired apresentou os resultados de uma investigação levada a cabo pela Kaspersky que demonstra como os dados guardados nos smartphones podem ser a chave de acesso dos hackers aos automóveis.

Foi apresentada pela Wired uma reportagem que indica que milhões de automóveis de usuários de smartphones com sistema Android podem estar em risco de ser pirateados informaticamente, o que permite aos hackers abrir as viaturas e até mesmo acionar a ignição dos carros. Para tal dois investigadores da Kaspersky analisaram nove aplicações de sete empresas diferentes, chegando à conclusão que existem dois processos que permitem aceder a informações sensíveis. O primeiro é o denominado rooting do smartphone, explorando as falhas de segurança, e posteriomente obtendo os dados de acesso dos utilizadores, a que se junta a possibilidade de instalação de mallware que cria um falso interface através do qual são furtadas as credenciais dos proprietários.

Esta é uma questão de extrema importância, e cada vez mais significativa à medida que os fabricantes criam formas mais complexas de aceder aos automóveis a partir dos telemóveis para executar diversas funções. Por isso, um dos investigadores da Kaspersky, Viktor Chebyshev, deixa mesmo a questão: “Porque é que os developers de aplicações conectadas para os automóveis não se preocupam com a segurança como os que se dedicam a aplicações para bancos? Eles também controlam coisas valiosas para os utilizadores, mas não pensam nos mecanismos de segurança”.

 

Fonte: Wired