Mercedes CLS caçado com pouca camuflagem

Além das fotos que lhe apresentamos mostrarem algumas das alterações no design do coupé de quatro portas da marca germânica, surgem já informações relativas às motorizações no Mercedes CLS de 2018, que será conhecido durante o próximo Verão.

Após o futuro Classe A ter sido apanhado praticamente sem camuflagem, trazemos agora até si as fotos-espia do Mercedes CLS de 2018. Tal como aconteceu no compacto, também neste modelo que será apresentado no próximo Verão os germânicos optam por uma continuidade das linhas, sem alterações drásticas que possam ser criticadas pelos atuais fãs do coupé de quatro portas. Nas motorizações, destaque para as novas opções de entrada de gama. Uma última referência para o facto de não estar prevista, ao contrário do que acontece de momento, a introdução de uma CLS Shooting Brake, ficando a gama apenas a cargo do coupé.

Na dianteira encontramos nas óticas as principais alterações, especialmente pela assinatura visual LED que agora tem formas mais próximas de um boomerang. Nas laterais as superfícies estão agora menos esculpidas e vincadas, com maior fluidez entre a dianteira e a retaguarda, mantendo-se a opção pelas formas mais volumosas abaixo da linha de cintura assinalada pelos puxadores das portas. Algumas das maiores modificações ficam, por isso, reservadas à traseira, onde parte da iluminação surge inserida no portão da mala. Além disso, as formas parecem ter sido ligeiramente alteradas, facilitando o acesso ao compartimento de carga.

Nos motores espera-se que os V6 venham a ganhar a companhia do novo motor de seis cilindros em linha da Mercedes. Os responsáveis pelas fotos-espia do Mercedes CLS de 2018 indicam também que os atuais blocos de quatro cilindros com 2.1L de capacidade serão descontinuados. No seu lugar surgem agora propulsores com dois litros que se destacam por ser menos ruidosos, mais refinados e também oferecerem menores consumos.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.