MINI planeia SUV… e será elétrico

Aliar duas tendências em expansão é o objetivo da MINI: a dos SUV e da mobilidade elétrica. O resultado deverá chegar aos mercados em 2021.

A MINI pensa num novo modelo eletrificado a juntar ao Countryman híbrido plug-in e o segmento a explorar será o dos SUVs, revelou uma fonte próxima da marca ao AutoExpress. Apesar de integrar esta categoria, o modelo não ultrapassará as atuais dimensões dos automóveis de 5 lugares da marca, colocando-se inclusivamente abaixo do Countryman. A confirmar-se, este SUV deverá ser lançado por volta de 2021.

“Não faríamos um carro de 7 lugares ou algo parecido”, disse Peter Schwarzenbauer, membro do Conselho de Gestão da BMW, ao AutoExpress durante o Salão de Los Angeles. Um SUV de grandes dimensões desvirtuaria “o ADN da MINI”. Para o mesmo responsável “o Countryman é o tamanho máximo e o mais acertado para a MINI”, sendo a referência em termos de dimensão.

Schwarzenbauer, em resposta ao meio britânico, admitiu que um SUV mais pequeno do que o Countryman seria apelativo, considerando que um “SUV citadino é um segmento extremamente interessante”. No entanto, o responsável revelou na altura que a marca ainda não tinha tomado “qualquer decisão nesse sentido”.

A ser lançado, o modelo terá provavelmente menos de 4 metros de comprimento e competirá diretamente com o Nissan Juke.

Plataforma a utilizar

Numa outra nota, a construção de uma nova plataforma da MINI já estará em desenvolvimento e servirá de base para a nova geração de modelos da marca – sendo ajustável a um SUV citadino. O fabricante dispõe atualmente de duas plataformas: a UKL1, presente nos modelos de 3 e 5 portas e no descapotável e a UKL2, utilizada pelo Clubman e pelo Countryman, incluindo a versão híbrida plug-in deste último.

O MINI 100% elétrico, apresentado no Salão de Frankfurt e que deve chegar aos mercados em 2019, fará recurso a uma variante da plataforma UKl1. Para os futuros elétricos, a MINI vai desenvolver uma estrutura nova, eventualmente numa colaboração com as restantes marcas do Grupo BMW. A mesma base que a marca da Baviera poderá utilizar nos modelos X1, Série 1 e Série 2.

Miguel Policarpo


Nota: fotografias utilizadas no artigo são alusivas ao Mini Electric Concept.

Percorra a galeria de imagens acima clicando sobre as setas.