Nissan: um milhão de eletrificados por ano a partir de 2022

A mobilidade elétrica da Nissan ganha impulso com o plano M.O.V.E 2022. Além de estabelecer uma meta de venda de um milhão de veículos eletrificados por ano, há mais novidades neste programa da marca nipónica.

A eletrificação é um dos pontos-chave da estratégia da Nissan para o futuro a médio prazo. Foi anunciado o plano M.O.V.E. 2022, pleno de ambições no que concerne à mobilidade elétrica da Nissan, bem como à condução autónoma e à tecnologia de conetividade. A fasquia é elevada, com o objetivo de venda de um milhão de veículos eletrificados anualmente a partir de 2022.

Além desta meta, a Nissan anunciou que vai desenvolver oito novos automóveis totalmente elétricos, baseando-se no sucesso do Leaf. Destaque ainda para o futuro crossover de emissões 0 assente no protótipo IMx, para o lançamento de várias propostas elétricas na China e de um “mini-veículo” deste tipo a lançar no Japão.

No que respeita à condução autónoma, que integra o conceito de Mobilidade Inteligente da Nissan, a marca compromete-se a equipar 20 modelos em 20 mercados com tecnologia de condução autónoma ProPilot. Alcançar “100% de conetividade” em todos os novos automóveis da Nissan, da Infiniti e Datsun faz parte do plano estratégico.

“A nossa estratégia de produto e tecnologia está alinhada para posicionar a Nissan na liderança da evolução do automóvel, da tecnologia e do negócio da indústria automóvel”, sublinha Philippe Klein, diretor de planeamento da marca. “Os nossos esforços estão focados na materialização da Mobilidade Inteligente da Nissan, englobando os três elementos centrais da eletrificação: condução autónoma, conectividade e novos serviços de mobilidade”, conclui o responsável.

Leia também: Porto Santo será a primeira Ilha Inteligente